MotoGP: Circuito da Catalunha retoma traçado original

Circuito da Catalunha
Luis Salom morreu em 2016 na pista do Circuito da Catalunha

Luis Salom morreu em 2016 na pista do Circuito da Catalunha e, por isso, após o acidente a curva 12 retomará o traçado original, uma decisão dos líderes do Circuito.

Na sexta-feira passada, em Aragón, a Comissão de Segurança da MotoGP reuniu-se e o ex-piloto Franco Uncini, delegado de Segurança do Mundial, apresentou aos pilotos o plano para o trajeto da prova no que diz respeito à curva 12.

O plano apresenta mudanças ao nível da recuperação do traçado original no último setor e o aumento do escape vai fazer com que não se use mais as chicanes no campeonato. Essas chicanes foram colocadas ali para reduzir a velocidade das motos, mas agora com o regresso do aumento do escape vai ser preciso mover uma das bancadas para baixo, numa obra que decorrerá durante o mês de janeiro e durará até fevereiro.

O piloto Jorge Lorenzo ficou satisfeito com a proposta apresentada na reunião.

"A receção dos pilotos foi muito boa, e, no meu caso, especialmente em relação à penúltima curva. Era o que todos queríamos, que o antigo layout fosse mantido e o escape estendido, e é o que acontecerá. Pessoalmente, acabei por não gostar da solução para a curva 10, porque se se cometer um erro, pode acertar-se em alguém, como fez Iannone comigo", justificou.

Relativamente a essa curva 10, que foi também alterada depois do desastre do ano passado com Salom, permanecerá assim – mais curta – embora ainda não haja confirmação oficial.

Uma das alterações passa ainda por refazer todo o asfalto do Circuito.

  • TEMAS:
  • Circuito da Catalunha

  • MotoGP

  • Jorge Lorenzo

Veja mais