F2: Correa deixa o coma induzido e apresenta melhoras

  • Redação Autoportal
Juan Manuel Correa
Juan Manuel Correa
Piloto norte-americano precisa de ser operado às pernas numa corrida contra o tempo

Juan Manuel Correa deixou o estado de coma induzido e apresenta melhoras, mas os médicos continuam numa “corrida contra o tempo” no que respeita aos ferimentos nas pernas que o piloto norte-americano sofreu no acidente ca corrida de Fórmula 2 em Spa-Fracorchanps no início deste mês.

O site da Fórmula 1 informa que Correa continua nos Cuidados Intensivos, mas também que deixou de estar no coma induzido e que as funções respiratórias já não são realizadas com assistência por ECMO. O piloto está consciente, mesmo que não totalmente desperto e a sua condição passou de crítica para séria.

“A prioridade médica para o Juan Manuel agora muda dos pulmões para os ferimentos nas pernas sofridos há mais de duas semanas e que não foram tratados desde a intervenção de emergência inicial no dia do acidente”, refere um comunicado citado pela F1.

A informação explica que “os médicos estão numa corrida contra o tempo para realizar uma operação mais complexa pendente para minimizar o risco de danos irreversíveis” numa zona que será junto ao pé direito, mas que “não podem fazê-lo até que os pulmões estejam preparados para suportar uma operação longa”.

  • TEMAS:
  • Juan Manuel Correa

  • Fórmula 2

  • Operação

Veja mais