Piloto da Nascar despedido por comentário "ofensivo" em corrida virtual

  • Redação Autoportal
  • 14 abr 2020, 20:09
Kyle Larson (Associated Press)
Kyle Larson (Associated Press)

Kyle Larson foi suspenso e despedido em dois dias apesar de ter pedido desculpa

O piloto norte-americano Kyle Larson foi despedido da equipa de Nascar da Chip Ganassi Racing depois de ter proferido palavras classificadas como "ofensivas" durante uma corrida virtual realizada no último domingo - palavras pelas quais Larson também já pediu desculpa.

Kyle Larson participava numa corrida virtual quando, num teste do seu microfone durante a transmissão em direto da sessão de treinos, acreditando não estar a ser escutado pelo público, proferiu palavras consideradas "ofensivas" que foram escutadas por todos que assistiam e participavam no evento.

PUB

Larson foi inicialmente suspenso pela sua equipa e pela entidade responsável pela organização do campeonato de Nascar que o acusou de ter infringido as regras que proíbem declarações publicas que “critiquem, ridicularizem ou depreciem outra pessoa com base na raça, cor, credo, nacionalidade, sexo, orientação sexual, estado civil, religião, idade ou condição física”.

O piloto norte-americano apressou-se então a publicar um pedido de desculpas nas redes sociais sobre o sucedido.

PUB

“Cometi um erro e disse uma palavra que nunca devia ser dita. Não há desculpa para isso. Só quero que todos saibam que estou muito arrependido pelo sucedido e peço desculpa à minha família, aos meus amigos e em especial à comunidade afro-americana. Sei que cometi um erro provavelmente irreparável e reconheço isso. ”, lembrou Kyle Larson.

Apesar do pedido de desculpas, três dos principais patrocinadores do piloto norte-americano anunciaram que não iriam continuar a seu lado. E a equipa da Ganassi colocou nesta terça-feira um ponto final na ligação com Larson com efeitos imediatos.

PUB

“Depois de analisarmos a situação, a Chip Ganassi Racing decidiu terminar a ligação com o piloto Kyle Larson. Tal como já referimos, os comentários de Kyle foram ofensivos e inaceitáveis, especialmente considerando os valores da nossa equipa”, revelou em comunicado a equipa da Chevrolet.

A Ganassi ainda não anunciou quem vai substituir Larson na temporada de Nascar, que segue sem data para o seu reinício devido à pandemia de Covid-19.

PUB
Continuar a ler

COMPUTADOR DE BORDO

Desconfinamento: 10 Dicas para o seu carro

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

VEJA MAIS

MAIS LIDAS