MotoGP: Miguel Oliveira abandona no GP de França ganho por Enea Bastianini

  • Redação Autoportal
  • 15 mai, 13:46
Miguel Oliveira (KTM)
Miguel Oliveira (KTM)

Piloto português sofreu mais uma queda no fim de semana em Le Mans

Miguel Oliveira abandonou o GP de França de MotoGP que foi ganho por Enea Bastianini – e o ‘três’ foi marcante na sétima corrida da época realizada neste domingo em Le Mans

O piloto português da KTM sofreu a terceira queda do fim de semana ficando fora de prova a três voltas do fim.

PUB

Bastianini (Gresini Ducati) conquistou a terceira vitória da época ganhando à frente de Jack Miller (Ducati) e Aleix Espargaró (Aprilia).

Foi também sob o signo do domínio das Ducati que a corrida em Le Mans decorreu. Com três motos de Borgo Panigale na primeira linha da grelha à partida, Miller foi quem saiu melhor roubando a liderança ao ‘pole sitter’, Francesco Bagnaia.

Miguel Oliveira também saiu bem da 17.ª posição, ganhou um lugar e, com duas voltas cumpridas, chegou ao 12.º lugar.

Com o curso da corrida a estabilizar um pouco às 10 voltas feitas do total das 27 marcadas, o início dominador das Ducati fazia prever que a luta pelo primeiro lugar seria entre os três pilotos que discutiam os lugares do pódio já destacados dos demais - com Bangaia a recuperar o primeiro lugar perdido na partida e Bastianini atrás de Miller.

PUB

Enquanto Bastianini ganhava o segundo lugar a Miller, Miguel Oliveira entrava no top 10 em luta com Brad Binder. O Falcão chegou a subir ao nono posto, mas acabou por voltar a perder um lugar para o seu companheiro de equipa.

A 7 voltas do final começou a decidir-se a vitória. Bastianini passou Bagnaia para ser o terceiro líder diferente da corrida. O italiano da Ducati oficial respondeu e recuperou a liderança, mas também acusou a pressão mais à frente.

PUB

Ainda na mesma volta, Bagnaia alargou de mais e o piloto da Gresini aproveitou para voltar ao comando e começar a descolar. Bagnaia cedeu à perda e acabou mesmo por cair deixando um lugar de pódio vago para uma moto que não uma Ducati.

A 3 voltas do final foi Miguel Oliveira quem acabou por cair quando era novamente nono e perseguia Binder. O piloto português perdeu a frente da sua KTM e seguiu a deslizar para o segundo abandono do ano.

Bastianini seguiu confortável para o terceiro triunfo do ano mantendo Miller à distância. Aleix Espargaró (Aprilia) ficou no terceiro posto defendendo-se sempre muito bem de Fabio Quartararo na tentativa do campeão do mundo e líder do Mundial de chegar ao pódio na corrida de casa.

PUB

Classificação do GP de França:

Quartararo manteve o primeiro lugar do Mundial passando a barreira dos 100 pontos e Miguel Oliveira desceu da 10.ª para a 11.ª posição com os mesmos 43 pontos.

Classificação do Mundial:

O Mundial de MotoGP segue para a pista de Mugello com o GP de Itália, a oitava prova da época, no fim de semana de 29 deste mês de maio.

Continuar a ler

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS