MotoGP: Miguel Oliveira cai duas vezes no arranque para o GP de França

  • Redação Autoportal
  • 13 mai, 09:55
Miguel Oliveira (Lusa)
Miguel Oliveira (Lusa)

Piloto português acabou por ter pouco tempo em pista e ficou longe dos tempos mas rápidos

Miguel Oliveira arrancou com o pé esquerdo para o GP de França de MotoGP tendo o piloto português da KTM sofrido duas quedas na primeira sessão de treinos livres na pista de Le Mans.

O Falcão acabou por ficar com o 21.º tempo destes TL1 em que só a primeira saída serviu para rodar como queria.

PUB

Nas duas saídas seguintes, o piloto português caiu primeiro na Curva 10 e, depois, já com a segunda moto, caiu novamente na Curva 6 fechando assim de forma mais abrupta – como também foi a segunda queda – a sua sessão inicial de trabalho.

Miguel Oliveira acabou por passar pelo centro médico do circuito para fazer um check-up que confirmou a sua aptidão para continuar o programa do grande prémio.

O Falcão fez a sua melhor volta destes TL1 com o tempo de 1m33.021s ficando a 1.500 segundos de Pol Espargaró, que foi o mais rápido da sessão com 1m31.771. Álex Rins (Suzuki) foi quem ficou mais perto do espanhol da Honda, a 9 milésimos de segundo.

O programa do GP de França de MotoGP, a sétima prova do campeonato, continua na tarde desta sexta-feira.

PUB
[artigo atualizado]
Continuar a ler

RELACIONADOS

MotoGP volta neste fim de semana: os horários de Miguel Oliveira em Le Mans

Suzuki oficializa (já em tom de despedida) conversações para deixar o MotoGP no final do ano

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS