Fórmula 1: as contas para o título de Hamilton nos EUA

  • Redação Autoportal
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton

Neste fim de semana não há grandes prémios de MotoGP nem de Fórmula 1. Mas não é por isso que vamos deixar os nossos leitores sem duelos pelos títulos mundiais. Vamos tratar das contas que há para fazer nesta altura (dos campeonatos) e começamos pela classe rainha do desporto automóvel.

Lewis Hamilton pode ser campeão do mundo de Fórmula 1 já no próximo GP dos EUA, no Circuito das Américas (COTA), em Austin, no dia 21. Hamilton precisa de fazer mais oito pontos do que Sebastian Vettel para revalidar o título na quarta prova a contar do final do campeonato – ficando por realizar ainda os GP do México (Hermanos Rodríguez), GP do Brasil (Interlagos) e GP de Abu Dhabi (Yas Marina).

Com quatro corridas por fazer, existe atualmente um máximo de 100 pontos ao alcance de um piloto que consiga vencer todas. Nesta altura do campeonato, Hamilton lidera a classificação com mais 67 pontos do que Sebastian Vettel (331 contra 264 pontos).

Ora, se o campeão do mundo em título, no final da corrida de Austin, aumentar os atuais 67 pontos que tem sobre Vettel, com mais oito, para 75 pontos de vantagem, o máximo que o alemão da Ferrari terá para conseguir, quando ficarão a faltar três provas, é terminar igualado em pontos no final do Mundial. E, nesse caso, Hamilton ganha o campeonato.

Se sair dos EUA com 75 pontos de vantagem, Hamilton já não precisa de fazer qualquer ponto nas últimas três corridas mesmo que Vettel vença todas, pois o modo de desempate é favorável ao inglês: o número de melhores resultados ao longo da época.

Hamilton já tem nove vitórias nesta época; Vettel tem cinco. Faltam quatro corridas. Vettel ainda pode hoje fazer as nove, mas, se o piloto da Mercedes fizer (os tais) mais oito pontos em Austin foi porque o inglês ficou à frente nesta corrida. E o piloto da Ferrari já só poderá chegar a um máximo de oito triunfos na época perdendo o desempate em igualdade pontual.

Definido o cenário de desempate numa eventual igualdade pontual no final da época, as hipóteses para Hamilton ser campeão no GP dos EUA são estas:

Hamilton é 1.º (25 pontos) – Vettel é 3.º (15 pontos)

Hamilton é 2.º (18 pontos) – Vettel é 5.º (10 pontos)

Hamilton é 3.º (15 pontos) – Vettel é 7.º (6 pontos)

Hamilton é 4.º (12 pontos) – Vettel é 8.º (4 pontos)

Hamilton é 5.º (10 pontos) – Vettel é 9.º (2 pontos)

Hamilton é 6.º (8 pontos) – Vettel é 11.º (não pontua)

VEJA TAMBÉM:

MotoGP: as contas para o título de Márquez no Japão

Comentários

Veja mais