Bell notification
Deseja receber notificações
autoportal.iol.pt
Permitir
Anular

Hamilton: comentários de Ecclestone sobre racismo são “ignorantes e mal-educados”

  • Redação Autoportal
Lewis Hamilton (Lusa)
Lewis Hamilton (Lusa)
Campeão do mundo aponta razões para a discriminação e diz que é hora de mudar

Lewis Hamilton insurgiu-se sobre comentários feitos por Bernie Ecclestone a respeito da questão do racismo na Fórmula 1 considerando-os “ignorantes e mal-educados”.

O antigo patrão da F1 comentou a iniciativa de Hamilton de criar uma comissão para a igualdade racial no desporto automóvel como ”maravilhosa” e que, sendo uma pessoa famosa, “as pessoas vão ouvi-lo”.

Mas, nessa entrevista à «CNN», Ecclestone admitiu também que não acredita que vá trazer algo de “bom ou mau à Fórmula 1“, para além de fazer as pessoas pensar afirmando que “em muitos casos as pessoas negras são mais racistas do que são as pessoas brancas”.

Nas redes sociais, Hamilton assumiu-se “muito triste e desiludido por ler estes comentários”.

Numa ‘storie’ do Instagram citada pelo «Crash.net», o campeão do mundo de F1 referiu que Ecclestone já não faz parte do ‘grande circo’ e é de uma geração diferente, mas, para Hamilton, “isto é precisamente o que está mal: comentários ignorantes e mal-educados que mostram quão longe a sociedade precisa de ir até se conseguir a verdadeira igualdade”.

“Se alguém que comandou o desporto durante décadas tem tal falta de entendimento das questões tão enraizadas com que nós como pessoas negras lidamos diariamente, como se pode esperar que todos os que trabalham para ele percebam.? Começa pelo topo.”

Hamilton vê assim as razões “para que nada tenha sido feito” para fazer o desporto mais igual ou lidar com o “abuso racial” que confessa ter sofrido ao longo da carreira e que “agora é o tempo de mudança”.

Em comunicado emitido, a Fórmula 1 também reagiu às declarações de Ecclestone condenando-as.

“Numa altura em que é necessária a unidade para travar o racismo e a desigualdade, discordamos totalmente com os comentários de Bernie Ecclestone que não têm lugar na Fórmula 1 ou na sociedade.”

A F1, que na semana que passou anunciou a iniciativa contra o racismo #We RaceAsOne demarcou-se do empresário inglês referindo que Ecclestone não desempenhou qualquer papel na Fórmula 1 desde que saiu em 2017 e que o seu título de presidente honorário expirou em janeiro deste ano.

  • TEMAS:
  • Lewis Hamilton

  • Bernie Ecclestone

  • Formula 1

Veja mais