Hamilton: “Fui muito amigo na Curva 1”

Valtteri Bottas e Lewis Hamilton (Lusa)
Valtteri Bottas e Lewis Hamilton (Lusa)

Na dobradinha da Mercedes em Baku, campeão do mundo ficou pelo segundo lugar

Lewis Hamilton partiu ligeiramente melhor do que Valtteri Bottas no GP do Azerbaijão e saindo do segundo lugar da grelha, pareceu ameaçar o lugar do finlandês que largou da pole position. Mas o ataque a fundo não se verificou e o campeão do mundo explicou que se retraiu, de facto.

“Eu fui muito amigo na Curva 1 e basicamente entreguei-lhe [a Corrida], mas ele realizou uma Corrida fantástica, não fez erros e, por isso, mereceu vencer neste fim de semana”, afirmou Hamilton.

O campeão do mundo destacou, assim, que colocou os interesses da equipa em primeiro lugar: “De forma egoísta, eu podia ter forçado bastante mais, podia ter tido ganhos, ele podia ter perdido e talvez para a Ferrari. Por isso, enquanto queria ultrapassar, tinha de ter cuidado ara que pudéssemos bloquear a linha da frente. Fazemos isso e, às vezes, esse sacrifício tem de ser feito se queremos ganhar.”

“O Valtteri [e eu] sempre tivemos respeito pelo outro. Falamos sobre isso antes da Corrida. Somos cavalheiros de verdade”, declarou o inglês.

  • TEMAS:
  • Lewis Hamilton

  • Mercedes

  • Valtteri Bottas

Veja mais