Márquez e a sanção: “Rossi pediu-me desculpa” por situação semelhante

  • Redação Autoportal
Valentino Rossi e Marc Márquez (Lusa)
Valentino Rossi e Marc Márquez (Lusa)

Marc Márquez foi penalizado com seis lugares na grelha de partida por ter tido uma pilotagem “irresponsável” prejudicando Andrea Iannone. O piloto espanhol da Honda disse que não viu o italiano da Suzuki, mas lembrou que Valentino Rossi lhe fez o mesmo.

O campeão do mundo contou que, inclusivamente, e à parte as divergências com o italiano, o piloto da Yamaha lhe pediu desculpas, que aceitou – aceitando também que acabou por bloquear Iannone porque não viu.

“Não sei se Iannone vinha rápido, não sei como vinha, mas é verdade que o estorvei um pouco no ângulo. Tentei afastar-me porque pensava que só vinha Rins. Voltei-me e só vi uma Suzuki”, assumiu Márquez.

Mas o novo pentacampeão mundial frisou que “no quarto [treino] livre passou-se algo muito semelhante com o Valentino. Aí também foi num ponto perigoso porque [eu] vinha muito rápido e pesava que [ele] travaria. Ele veio ter comigo e pediu-me desculpas por ter entrado no meu caminho. Eu aceitei o pedido de desculpas, obviamente", disse o espanhol.

Márquez, pelo seu lado, também foi ter com o piloto da Suzuki: “Eu pedi desculpa a Iannone.” “Penso que, no MotoGP, todos são realistas e ninguém quer estorvar os outros”, referiu o piloto da Honda frisando que “não é como no Moto2 ou Moto3 em que vão apanhar moscas no meio da pista”.

“A ver o que diz a Direção de Corrida, pois, se me dizem algo, também têm de dizer aos outros”, apontou o espanhol.

Comentários

Veja mais