Márquez identifica o ponto mais forte de Rins: “Ele não tem pressão”

  • Redação Autoportal
Álex Rins e Marc Márquez (Reuters)
Álex Rins e Marc Márquez (Reuters)
Campeão do mundo mostra-se satisfeito com o aumento da luta pelo título

Marc Márquez regressou ao comando do Mundial de MotoGP na última corrida e Álex Rins passou a ser o vice-líder do campeonato. A tabela ficou ordenada em correspondência à classificação do GP de Espanha, com o campeão do mundo da Honda a vencer a corrida à frente do seu compatriota da Suzuki.

Para lá dos abandonos (um de Márquez) e das vitórias (duas de Márquez e uma de Rins), um facto que ficou presente no campeonato foi a presença do homem da Suzuki na luta pelos primeiros lugares e na sua inclusão pelos seus pares na disputa do título.

Marc Márquez faz isso mesmo e identifica mesmo qual é o ponto mais forte neste momento de Álex Rins afirmando que a ausência de pressão numa altura em que um pódio será sempre um bom resultado permite ao adversário da Suzuki dar seguimento ao bom trabalho que tem vindo a fazer.

“Eu já tinha dito nos testes da Malásia que o Álex estaria cá. Ele terminou bem a época, começou bem esta, estava a rodar muito bem na pré-temporada”, recordou o campeão do mundo afirmando que “o seu ponto mais forte é que ele não tem pressão neste momento”, se bem que Márquez avisa que essa pressão “chegará de certeza”.

“É verdade. Neste momento, se ele terminar em segundo ficará muito contente. Se terminar em primeiro será fantástico. Se terminar em terceiro, também ficará satisfeito”, apontou o espanhol da Honda em declarações veiculadas pelo «Motorsport.com».

A chegada de Rins à luta pelo título deixa Márquez satisfeito: “Agora, ele é outro adversário no campeonato. Ele está pronto para lutar pelo Mundial e a moto também. Isto é importante para o campeonato e também é importamte ter mais fabricantes a lutarem pelo título.”

  • TEMAS:
  • Marc Márquez

  • Álex Rins

  • MotoGP

Veja mais