MotoGP: Márquez volta a ser operado e pode ficar de fora do GP da Rep. Checa

  • Redação Autoportal
  • 3 ago 2020, 20:55
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

Piloto espanhol vai passar às próximas 48 horas no hospital

Marc Marquez, seis vezes campeão do mundo de MotoGP, voltou a ser operado ao braço direito esta segunda-feira e tudo aponta para que não alinhe no GP da República Checa que terá lugar no fim de semana.

O piloto da Honda fraturou o úmero do braço direito no GP de Espanha, prova de abertura da temporada, não tendo alinhado na segunda ronda da temporada, o GP da Andaluzia, apesar de ter marcado presença na terceira sessão de Treinos Livres.

Esta segunda-feira, Marc Márquez voltou à sala de operações no Hospital Universitário Dexeus, em  Barcelona, depois de exames complementares terem revelado que a placa de titânio aparafusada aos ossos do braço direito, apresentava alguns danos devido à tensão na área operada.

“Marc Marquez foi operado há 13 dias e hoje voltou à sala de cirurgia. A primeira operação foi bem-sucedida, o que não era esperado era que a placa fosse insuficiente. Um acumular de tensão na área operada provocou alguns danos e por isso foi necessário retirar a placa e substituí-la por uma nova fixação. Agora temos que esperar 48 horas para entender o tempo de recuperação”, sublinhou DR. Xavier Mir em comunicado revelado pela Honda.

Nos últimos dias, o piloto da Honda divulgou imagens da intensificação da sua preparação para o GP da República Checa, que se disputa no próximo domingo.

RELACIONADOS

MotoGP: Marc Márquez falha o GP da Andaluzia

MotoGP: Marc Márquez recebe luz verde para alinhar no GP da Andaluzia

Vídeo: a violenta queda que obriga Márquez a ser operado

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada