F1: Verstappen vence o GP dos EUA e dobra vantagem sobre Hamilton

  • Redação Autoportal
  • 24 out, 21:46
Max Verstappen (Lusa)
Max Verstappen (Lusa)

Red Bull reduz desvantagem para a Mercedes nos Construtores

Max Verstappen venceu neste domingo o GP dos EUA batendo Lewis Hamilton num duelo intenso até ao cortar da meta e o holandês a Red Bull dobrou a vantagem no comando do Mundial de Fórmula 1 sobre o inglês da Mercedes

Sergio Pérez foi o terceiro classificado no Circuito das Américas e a Red Bull conseguiu reduzir a desvantagem para a Mercedes no Mundial de Construtores. À passagem da 17.ª prova do campeonato, quando faltam cinco corridas até final, continua tudo por decidir com as incertezas ao rubro.

PUB

E foi sob este mote que a corrida no COTA de Austin decorreu; de uma ponta à outra. Não houve lutas por posições (tentativas de ultrapassagem de facto) nos lugares mais cimeiros de todos da classificação ao longo da prova. As ultrapassagens mais quentes (para lá da primeira volta) até foram acontecendo na segunda metade do pelotão. Mas a incerteza do campeonato esteve exponenciada em particular na forma como as coisas aconteceram em pista – nomeadamente entre os dois candidatos a campeão.

Verstappen e Hamilton até começaram o ‘espetáculo’ deste domingo com uma ultrapassagem entre eles. O holandês não saiu da pole position tão bem como o inglês a seu lado na primeira linha e Hamilton até passou para a frente da corrida numa partida muito intensa com Sergio Pérez a levantar o pé em relação ao seu companheiro da Red Bull (com Ferrari e McLaren a fazerem a sua luta logo atrás) e os dois primeiros do Mundial a seguirem na frente para a sua batalha particular. E para tudo o que seguiria.

PUB

E foi isso tudo que aconteceu depois que deu o encanto maior a esta prova: com duas grandes exibições de condução a darem corpos perfeitos aos diferentes argumentos que cada um tinha para apresentar.

PUB

Partindo ambos com pneus médios, Hamilton colocou-se na frente de uma corrida com previsão de duas paragens para troca duplas para duros numa pista muito desgastante para os compostos. O primeiro ‘round’ parecia ganho pela Mercedes perante um Red Bull que partia teoricamente mais competitivo, mas que Verstappen não traduziu numa ultrapassagem nas voltas seguintes – colou-se, mas não o suficiente para atacar a posição.

Neste cenário, a Red Bull foi por outro caminho. Verstappen foi o primeiro a trocar de pneus e o ‘undercut’ funcionou. Quando Hamilton trocou já regressou em segundo lugar. Quando a Red Bull voltou a antecipar-se para a segunda mudança para duros, a Mercedes decidiu ter outra resposta: adiou a segunda troca de Hamilton para que o inglês ficasse com pneus com desgaste menos significativo em relação a Verstappen para o que ficava a faltar até ao final. E apostou na aproximação de Hamilton até à última volta.

PUB

A estratégia funcionou até ao ponto em que a Verstappen respondeu com uma poupança de pneus para poder resistir ao derradeiro ataque. Hamilton conseguiu colar-se ao holandês e a incerteza voltou. Mas também o líder do Mundial viu a sua tática dar-lhe os frutos que precisava para se manter na frente da corrida. Hamilton colou-se, de facto, mas, como Verstappen não o passou com os médios, também ele teve de contentar-se em cortar a meta atrás do Red Bull.

Classificação final do GP dos EUA:

Com esta classificação, o terceiro lugar de Pérez deu à Red Bull mais 7 pontos ganhos em à Mercedes relativamente à posição de Valtteri Bottas, que terminou em sexto depois de partir de nono. A juntar aos 6 pontos que o vencedor Verstappen (25) ganhou a Hamilton (18 + 1 da volta mais rápida), o Mundial de Construtores ganhou também mais emoção.

PUB

No Mundial de Pilotos, Pérez passou Lando Norris e a McLaren viu também a Ferrari colar-se com Charles Leclerc à cabeça da disputa deste domingo entre as duas equipas pelo terceiro lugar do campeonato.

PUB

Classificação do Mundial de Pilotos:

Classificação do Mundial de Construtores:

1. Mercedes, 460, 5 pontos

2. Red Bull, 437,5

3. McLaren, 254

4. Ferrari, 250,5

5. Alpine, 104

(...)

O Mundial de F1 prossegue com o GP do México, a 18.ª prova de 22 desta temporada, no fim de semana de 7 de novembro.

Continuar a ler

RELACIONADOS

MotoGP: Miguel Oliveira cai em dia de título mundial para Fabio Quartararo

Andretti apresenta novo carro da Fórmula E em Lisboa

GP dos EUA: Verstappen bate Hamilton na (primeira) luta pela pole position

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS