Verstappen fez serviço comunitário na FE e diz que foi “construtivo”

  • Redação Autoportal
Max Verstappen (Lusa)
Max Verstappen (Lusa)

Max Verstappen cumpriu no sábado um dia de serviço comunitário como observador do trabalho dos comissários do ePrix de Marraquexe e classificou a experiência como construtiva.

“É interessante ver pelo outro lado – normalmente não se pode passar o dia inteiro com os comissários! Todos fazem o seu trabalho durante o fim de semana e é bom ver mesmo o que é preciso para tomar estas importantes decisões – às vezes, uma decisão pode não ser boa para alguém, mas tem de ser tomada e tem-se de cumprir as regras”, afirmou Verstappen em declarações veiculadas pela FIA.

O organismo que regula o desporto automóvel mundial decidiu aplicar um castigo de dois dias ao piloto da Red Bull depois do confronto físico promovido contra Esteban Ocon no final do GP do Brasil de Fórmula 1.

Verstappen mostrou compreender a pena aplicada ao assumir que retirou lições do que viu em Marraquexe: “Penso que é bom experimentar coisas diferentes nas corridas e não apenas ficar sentado no carro – estar aqui e fazer este tipo de trabalho foi construtivo para mim.”

O ePrix de Marraquexe foi a segunda prova do Mundial de Fórmula E e foi ganho por Jerôme D’Ambrosio.

Comentários

Veja mais