F1: FIA recusa protestos da Mercedes, que anuncia recorrer

  • Redação Autoportal
  • 12 dez 2021, 20:39
GP de Abu Dhabi de F1 (Lusa)
GP de Abu Dhabi de F1 (Lusa)

Final do GP de Abu Dhabi deu origem a disputa na secretaria

A FIA anunciou a recusa dos dois protestos apresentados pela Mercedes depois do GP de Abu Dhabi que terminou com a vitória de Max Verstappen e a conquista neste domingo do título de campeão do mundo de Fórmula 1 pelo piloto da Red Bull.

A equipa alemã invocou os artigos 48.8, relativo a ultrapassagens em altura de Safety Car, e o 48.12, relativo às ultrapassagens que os carros dobrados podem fazer aos da frente para regressarem ao final do pelotão, mas nenhum deles foi atendido pela FIA.

PUB

Em relação a cada um deles apresentado individualmente, a FIA determinou que “o protesto é recusado”, segundo o site da Fórmula 1.

A Mercedes anunciou a decisão de recorrer da recusa, num apelo com 72 horas para ser feito.

Continuar a ler

RELACIONADOS

MAX VERSTAPPEN É O NOVO CAMPEÃO DO MUNDO DE F1

F1: Mercedes apresenta protesto contra a classificação do campeonato

Verstappen: “Às vezes os milagres acontecem”

Max partiu dos recordes de mais novo de sempre para chegar ao título de campeão

Historial dos campeões do mundo de F1

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS