Novo relato: “Schumacher tem a mesma cara, só um pouco mais cheia”

  • Redação Autoportal
Michael Schumacher (Reuters)
Michael Schumacher (Reuters)

Um novo relato relacionado com o estado de saúde de Michael Schumacher depois do acidente que sofreu no final de 2013 foi agora revelado e as informações sobre o seu estadod e saúde – mesmo que reduzidas – vão-se acumulando.

Depois de uma carta revelada pela mulher, Corinna, (além de uma entrevista de antes do acidente), este mês de novembro volta a trazer revelações feitas por quem com ele privou. O Arcebispo alemão Georg Gänswein visitou Schumacher em 2016 e diz que o heptacampeão do mundo está com o mesmo aspeto que se lhe conhecia.

“Sentei-me à sua frente, dei-lhe ambas as mãos e olhei para ele. A sua cara é, como todos a conhecemos, a típica cara de Michael Schumacher; só se tornou um pouco mais cheia”, disse o Arcebispo Gänswein à revista alemã «Bunte».

Esta foi a publicação que em 2015 publicou que Schumacher estava melhor e podia andar e que depois foi desmentida por via judicial com o advogado da família a garantir que Schumi não poder andar nem falar.

Esta revelação do advogado foi uma das poucas feitas ao longo destes anos, a cuja informação se junta agora a do clérigo alemão mantendo a reserva a que o antigo piloto se mantém.

“[Schumacher] sente que à sua volta há pessoas que o amam, que se preocupam com ele e que, graças a Deus, o mantêm distante do público demasiado curioso”, frisou Gänswein: “Uma pessoa doente precisa de discrição e compreensão.”

Comentários

Veja mais