Começam o MotoGP e a F1: os horários do primeiro grande fim de semana do ano

  • Redação Autoportal
  • 25 mar, 13:26
Miguel Oliveira (KTM)
Miguel Oliveira (KTM)

Primeiras corridas do ano com Miguel Oliveira a estrear-se com a KTM

O fim de semana mais esperado do ano que até agora já passou está aí. MotoGP e Fórmula 1 arrancam para as primeiras corridas dos campeonatos de 2021, com a ‘ação em pista’ marcada já para sexta-feira e com Portugal representado por Miguel Oliveira na classe rainha do motociclismo.

Os dois Mundiais vários têm pontos semelhantes entre si como o congelamento dos desenvolvimentos de carros e de motos em relação à época transata, para além da primeira corrida a 28 de março quando a noite já tiver caído no Médio Oriente, no primeiro de 11 fins de semana em que vão coincidir ao longo do ano.

PUB

A repetição da passagem por Portimão de ambos os campeonatos como aconteceu em 2020 é um dado também já adquirido nesta fase de partida em que muito do que se pode prever para 2021 é feito a partir do que se passou no MotoGP e F1 do ano passado.

Lewis Hamilton ganhou com a Mercedes os sétimos títulos de campeões mundiais e o lançamento pode ser feito ‘pela negativa’ no sentido de saber se haverá alguém que consiga travar o piloto inglês de ‘passar Michael Schumacher de vez‘ e chegar aos oito títulos...

PUB

No MotoGP, é a incerteza sobre maiores favoritos, porque a quantidade destes é cada vez maior, que transita do ano passado – do campeão mundial pela Suzuki Joan Mir até à Aprilia, muitos são os candidatos a ter uma palavra em 2021.

E entre eles está, claro, Miguel Oliveira, este ano na equipa oficial da KTM depois de já ter ganho as duas primeiras corridas na categoria rainha em 2020. O piloto português assume-se como candidato a lutar pelo título mundial num campeonato em que os mais novos acreditam cada vez mais neles e que continua sem Marc Márquez no arranque.

PUB

O piloto espanhol continua a recuperar da lesão que lhe estragou a época de 2020 e a Honda vai substituí-lo nas duas primeiras rondas do Mundial de MotoGP – que vão decorrer no Qatar – por Stefan Bradl. Na outra moto da equipa japonesa, Pol Espargaró faz o ano de estreia pela Honda.

Na Ducati, houve duas promoções à equipa oficial: Jack Miller e Francesco Bagnaia ocupam os lugares de Andrea Dovizioso (sem equipa em 2021) e Danilo Petrucci, que vai ocupar o lugar de Miguel Oliveira na Teh3. Entre as equipas satélite, a maior mudança é a de Valentino Rossi para a SRT com a promoção de Fabio Quartararo para equipa oficial da Yamaha.

PUB

É também com motos Ducati que vão correr os estreantes em absoluto na categoria rainha. Jorge Martín vai representar a Pramac e a dupla do campeão do mundo de Moto2 em 2020, Enea Batianini, e o vice-campeão, Luca Marini, vão preencher os lugares na Esponsorama.

O MotoGP vai arrancar com o GP do Qatar a realizar no Circuito Internacional de Losail. A pista tem 5,4 km envolvendo 16 curvas (6 esquerdas e 10 direitas) e uma reta com 1.068 m de comprimento. A corrida de MotoGP terá 22 voltas.

Horários do GP do Qatar de MotoGP

SEXTA-FEIRA

12h40 Treinos Livres 1

17h00 Treinos Livres 2

SÁBADO

12h15 Treinos Livres 3

16h20 Treinos Livres 4

17h00 Qualificação 1

17h25 Qualificação 2

DOMINGO

13h40 Warm Up

18h00 Corrida

Na Fórmula 1, a Mercedes vai-se mantendo como a única vencedora na era híbrida e a questão de saber como os adversário (e quais) vão conseguir contrariar esse domínio exponenciado pelo ‘campeoníssimo’ Lewis Hamilton continua a estar no centro.

PUB

A renovação do inglês com a Mercedes e a demora na sua concretização foi um dos casos no defeso, mas, no final, a equipa alemã foi das poucas que não mudou o alinhamento de pilotos.

PUB

A Red Bull contratou Sergio Pérez, que esteve quase a ficar sem equipa depois de dispensado pela Racing Point. A agora nova Aston Martin contratou para o lugar do mexicano o tetracampeão Sebastian Vettel.

A Alpine também substituiu a Renault no nome e também com o regresso de um (bi)campeão à sua equipa com o retorno de Fernando Alonso à F1 depois de dois anos ausente. Daniel Ricciardo mudou-se para a McLaren e Carlos Sainz Jr. foi para a Ferrari.

Na AlphaTauri, Yuki Tsunoda é um dos três estreantes no pelotão de 2021. A Haas é a única equipa a trocar os seus dois pilotos e lança os outros dois ‘rookies’ do ano: Mick Schumacher e Nikita Mazepin.

O Mundial de F1 arranca com o GP do Bahrain com uma corrida de 57 voltas. O Circuito Internacional do Bahrain tem um perímetro de 5.412 m ao longo de 15 curvas. Haverá três zonas de DRS.

Horários do GP do Bahrain de F1

SEXTA-FEIRA

11h30 Treinos Livres 1

15h00 Treinos Livres 2

SÁBADO

12h00 Treinos Livres 3

15h00 Qualificação

DOMINGO

16h00 Corrida

Não se esqueça de que neste fim de semana, Portugal muda para a hora de verão. Quando for 01h00 da madrugada de domingo, dia 28, deve adiantar-se o relógio para as 02h00 - no Continente e na Madeira. Nos Açores, quando forem 00h00 adianta-se o relógio para a 01h00.
Continuar a ler

RELACIONADOS

Miguel Oliveira lança 2021: "O objetivo é lutar pelo título”

MotoGP: Stefan Bradl substitui Marc Márquez no arranque do campeonato

MotoGP: tempestade de areia arruína último dia dos testes de Miguel Oliveira

F1: Verstappen domina os testes de pré-temporada no Bahrain

Miguel Oliveira lamenta “triste, mas esperada” ausência de público em Portimão

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS