GP de Aragão: Oliveira melhora mas permanece distante da frente

  • Redação Autoportal
  • 10 set, 15:33
Miguel Oliveira (imagem MotoGP)
Miguel Oliveira (imagem MotoGP)

Piloto português frez a sua melhor volta da tarde logo no início da sessão

Miguel Oliveira fechou o primeiro dia de treinos livres para o GP de Aragão de MotoGP com o 18.º tempo combinado ficando a 1 segundo do piloto mais rápido desta sexta-feira. O 17.º registo feito na sessão da tarde deixou o português da KTM a cerca de meio segundo do top 10 que, neste sábado definirá quem passará diretamente à Q2 qualificação.

O Falcão fez a sua melhor volta dos TL2 logo na primeira saída para a pista. O tempo de 1m48.623s foi conseguido à terceira volta do total de 20 cumpridas na segunda sessão em três saídas à tarde para a pista do MotorLand.

PUB

Jack Miller (Ducati) foi o mais rápido do dia mercê do tempo conseguido nos TL2, como a maioria do pelotão de pilotos. O australiano fez a melhor volta combinada com o registo de 1m47.613s e deixou Miguel Oliveira a 1.010s.

Marc Márquez (Honda) foi o único que não melhorou à tarde, mas o tempo canhão do espanhol nos TL1 manteve-o na Q2 provisória. Já o campeão do mundo, Joan Mir (Suzuki), fechou o dia na penúltima posição da tabela combinada, enquanto o líder do mundial, Fabio Quartararo (Yamaha) está com o sétimo lugar provisório antes da qualificação.

PUB

Tempos dos segundos treinos livres para o GP de Aragão:

O programa do GP de Aragão, 13.ª prova do Mundial de MotoGP, prossegue neste sábado.
Continuar a ler

RELACIONADOS

GP de Aragão: Márquez dá 1 segundo à concorrência, Oliveira arranca a meio gás

Miguel Oliveira corre para a retoma no MotorLand: os horários do GP de Aragão

Maria Germano Neto selecionada para programa da FIA de jovens talentos

Mano a mano Max vs. Lewis na Catedral da Velocidade: os horários do GP de Itália

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS