GP de Espanha: Oliveira recupera até 11.º na vitória de Miller

  • Redação Autoportal
  • 2 mai, 13:56
GP de Espanha de MotoGP (Lusa)
GP de Espanha de MotoGP (Lusa)

Francesco Bagnaia é o novo líder do campeonato após dobradinha da Ducati

Miguel Oliveira foi o 11.º classificado no GP de Espanha deste domingo, a quarta prova do Mundial de MotoGP que se correu no Circuito de Jerez de la Frontera e foi ganha por Jack Miller (Ducati).

O piloto português foi o melhor das KTM e conseguiu também o seu melhor resultado da época beneficiando também ele do ‘estoiro’ que a Yamaha de Fabio Quartararo deu.

PUB

Oliveira partiu do 16.º lugar da grelha, tratou de fazer uma corrida sem erros para terminar o mais à frente possível e conseguiu somar 5 pontos no final das contas do fim de semana.

Quartararo chegou a Jerez no comando do Mundial e saiu da pole position sendo o primeiro ‘alvo a abater’ por toda a concorrência – o que aconteceu na partida.

O ataque da concorrência aconteceu logo no arranque, com o francês a ‘cair’ para o quarto lugar e as Ducati e Franco Morbidelli (SRT Yamaha) a não quererem deixar a competitiva Yamaha (única moto vencedora até esta prova) fugir.

Mas Quartararo recuperou o forte andamento e recuperou o comando da prova, no que parecia ser mais um demonstração de força deste arranque de campeonato – até a dominadora Yamaha ceder.

PUB

Sem moto e muito menos pneus, o francês ‘acabou’ por descer até ao 13.º lugar sendo um dos ultrapassados no seu ‘calvário’ por Miguel Oliveira.

Na frente da corrida com cerca de uma dezena de voltas para final, Jack Miller não facilitou para chegar à segunda vitória da carreira.

Atrás do australiano, Francesco Bagnaia e Morbidelli travaram uma interessante luta pelo segundo lugar com vantagem para o italiano da Ducati.

PUB

A equipa italiana obteve não só a primeira vitória da temporada, como, assim, logo com uma dobradinha e, para Bagnaia, com a liderança do campeonato ao final de quatro provas.

Classificação do GP de Espanha de MotoGP:

Francesco Bagnaia é agora o líder do Mundial com 66 pontos; mais 2 do que Quartararo; e mais 16 do Maverick Viñales (Yamaha). Oliveira é o 17., com 9 pontos.

No Mundial de Equipas, a Yamaha comanda com 114 pontos; mais 9 do que a Ducati.

O MotoGP segue para Le Mans para a realização do GP de França no dia 16.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Miguel Oliveira: “Vamos fazer uma boa corrida e terminar"

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS