Moto2: Oliveira fez o que pôde, Bagnaia fez o necessário e é CAMPEÃO

  • Redação Autoportal
Francesco Bagnaia
Francesco Bagnaia
Português foi 2.º classificado no GP da Malásia ganho por Luca Marini

Miguel Oliveira ficou em segundo lugar no GP da Malásia e, neste domingo, ficou à frente de Francesco Bagnaia. Mas não chegou para levar a luta pelo título mundial de Moto2 para a última prova da época.

O português fez o que pôde, mas o italiano fez o que era necessário para garantir o título na 18.ª e penúltima corrida da temporada. Bagnaia chegou em terceiro lugar à meta do Circuito de Sepang e obteve o lugar no pódio que, logo à partida, lhe dava o título de campeão do mundo independentemente do que fizesse o piloto português.

E foi uma partida emocionante com Luca Marini a assumir o comando na primeira- É agora a vez de referir o vencedor da Corrida; ele que dominou a prova por completo desde a primeira volta – ficando atrás de si a luta maior pelo título mundial que já se descreveu.

Marini fez uma Corrida praticamente sem erros de maior; e muito menos que pusessem em causa o seu triunfo. O italiano rodou sempre muito certo e liderou da primeira á última volta e sem permitir que Miguel Oliveira atacasse de facto a sua posição.

O piloto português saiu atrás dos dois pilotos da equipa VR46, mas, com um terço da Corrida cumprido, saiu para perseguir a vitória. Oliveira passou Bagnaia e passou a haver duas lutas no topo da prova: a do português com Marini pela liderança; a de Bagnaia pelo terceiro lugar com Mattia Pasini a segui-lo de mais perto.

Mas, quer num, quer noutro lugar, tanto Marini tratou se não deixar fugir o primeiro lugar, como Bagnaia tratou de garantir que chegava em posição de ganhar o seu primeiro título Mundial. Miguel Oliveira viu confirmado o seu segundo vice-campeonato mundial (depois do Moto3 em 2015).

O FILME DA CORRIDA

Classificação do GP da Malásia de Moto2:

Classificação do Mundial de Pilotos:

1. Francesco Bagnaia, 304 pontos

2. Miguel Oliveira, 272

3. Brad Binder, 201

(...)

O Mundial termina no dia 18 com o GP de Valência no Circuito Ricardo Tormo.

  • TEMAS:
  • Miguel Oliveira

  • Moto2

  • GP Malásia

Veja mais