GP da Áustria: Dovizioso impõe a sua lei e bate Márquez em Spielberg

  • Redação Autoportal
Andrea Dovizioso (Lusa)
Andrea Dovizioso (Lusa)
Miguel Oliveira garantiu o melhor resultado da época

Andrea Dovizioso (Ducati) revelou este domingo que continua a ser o ‘xerife’ de Spielberg, ao vencer o GP da Áustria de MotoGP, batendo Marc Márquez (Honda) na última curva do circuito.

Isto numa corrida onde Miguel Oliveira (Tech3 KTM) alcançou o melhor resultado da temporada ao terminar na oitava posição.

Numa das mais emotivas corridas do campeonato até ao momento, Dovizioso e Márquez protagonizaram uma corrida intensa, com várias trocas de posição e acabaram por levar a decisão da vitória até à bandeira de xadrez, como vem sendo tradição no circuito austríaco.

Na largada, Marc Márquez que saiu da pole position largou mal e caiu para a quarta posição, com Fabio Quartararo (SRT Yamaha) a surpreender e a assumir o comando da corrida.

O piloto francês rapidamente que percebeu que não tinha andamento para travar atrás de si Andrea Dovizioso que não tardou em assumir o comando da corrida, com Marc Márquez a aproveitar e a conseguir chegar ao segundo lugar.

O italiano da Ducati consegui gerir a frente da corrida até à nona volta, altura em que Márquez assumiu o comando no final da curva 1.

Dovizioso manteve-se na roda de Márquez numa altura em que o campeão do mundo apertava o ritmo na tentativa de deixar o piloto da Ducati para trás.

Já Quartararo perdia o ‘comboio’ da frente e liderava a perseguição aos dois primeiros, com Valentino Rossi na quarta posição.

No final da 19.ª das 28 voltas ao circuito de Red Bull Ring, a liderança voltou a mudar de mãos, com Dovizioso a passar para a frente de Márquez que aproveitava então para estudar o italiano que não conseguia afastar-se do espanhol da Honda.

A três voltas do final, a luta pela vitória subia de tom, com Márquez a lançar a sua Honda por dentro de Dovizioso e a conseguir ganhar a frente da corrida na saída da curva nove.

Contudo, Dovizioso não se rendeu e na última volta da corrida acabou mesmo por surpreender Márquez ao ultrapassar o espanhol na última curva do circuito e a conquistar assim a sua segunda vitória da temporada, a quarta consecutiva para a Ducati no GP da Áustria.

Fabio Quartararo terminou na terceira posição a 6.117s de Dovizioso, enquanto Valentino Rossi foi quarto na frente do seu companheiro de equipa, Maverick Viñales, que fechou o top cinco.

Já Miguel Oliveira realizou uma corrida notável, tendo terminado na oitava posição. O piloto português, que largou da 13.ª posição, rapidamente mostrou que queria chegar ao top 10 e acabou por concluir a corrida como melhor piloto KTM, na frente de Danillo Petrucci (Ducati) e de Franco Morbidelli (SRT Yamaha), que não conseguiram acompanhar o ritmo do piloto português.

Com estes resultados, Marc Màrquez mantém a liderança do campeonato com 230 pontos, mais 58 que Andrea Dovizioso que é o segundo, na frente de Danilo Petrucci que ocupa a terceira posição com 136 pontos.

Já Alex Rins é quinto com 124 pontos e Valentino Rossi fecha o top cinco com 103 pontos, enquanto Miguel Oliveira subiu três posições e está agora no 15.º lugar com 26 pontos.

A próxima ronda do campeonato é o GP da Grã-Bretanha que terá lugar a 25 de agosto.

Classificação final do GP da Áustria:

 

Filme da corrida

 

  • TEMAS:
  • MotoGP

  • GP da Áustria

  • Miguel Oliveira

Veja mais