PUB

GP da Emilia Romagna: Viñales ganha, Mir e Oliveira são os pilotos do dia

  • Redação Autoportal
Maverick Viñales (Lusa)
Maverick Viñales (Lusa)
À sétima prova do MotoGP há seis vencedores de corridas

Maverick Viñales venceu neste domingo o GP da Emilia Romagna de MotoGP. À sétima prova da temporada, o espanhol da Yamaha é o sexto vencedor diferente.

No segundo lugar do pódio ficou Joan Mir, com o homem da Suzuki a ser um dos pilotos do dia. No terceiro lugar ficou Pol Espargaró (KTM) beneficiando de uma penalização ao quarto classificado final, Fabio Quartararo (SRT Yamaha).

No quinto lugar da segunda corrida consecutiva em Misano desta época ficou o outro piloto do dia: Miguel Oliveira. O português da Tech 3 partiu do 15.º lugar da grelha e terminou 10 lugares à frente.

Estes primeiros parágrafos resumem quase na totalidade o que se passou neste domingo no Circuito Marco Simoncelli. O que falta referir de destaque – e não é pouco significativo – está com Francesco Bagnaia (Pramac Ducati), que foi o líder imperturbável durante grande parte da corrida.

Vinãles segurou na primeira volta a ‘pole’ de onde partiu, mas Bagnaia não demorou muito a mostrar que o desempenho tido no fim de semana era para manter em corrida e, com cinco voltas percorridas, assumiu a liderança.

O italiano foi ganhando vantagem e Viñales parecia não ter argumentos para ir à procura de recuperar o primeiro lugar. Da mesma forma, o espanhol da Yamaha foi abrindo distância para a primeira luta pelas posições que iam acontecendo – essa primeira era a do, então, terceiro lugar.

A sete voltas do final aconteceu o maior golpe de teatro, com Bagnaia a cair quando rodava tranquilo na frente. O italiano ficou fora; Viñales recuperou de mão beijada a liderança. Sem o italiano, o figurino manteve-se com o espanhol no comando até final.

A luta mais importante voltou a fazer-se atrás de si – desta vez, com o segundo lugar em causa. Em três últimas voltas alucinantes, Mir conseguiu passar do quarto para o segundo lugar premiando uma tremenda corrida que começou na 11.ª posição deixando atrás de si Quartararo e Pol Espargaró.

O francês ganhou este duelo ao espanhol em pista, mas perdeu-o na secretaria. Quartararo foi penalizado com uma ‘long lap’ a duas voltas do final, que não cumpriu na corrida, e cortou a meta em terceiro. Mas já não subiu ao pódio cabendo esse lugar a Espargaró.

Os 3 segundos em que se converteu a penalização já depois da bandeira de xadrez não foram suficientes para o francês perder o quarto lugar para Miguel Oliveira – que ficou no quinto lugar com que cruzou a meta, após mais uma grande corrida em recuperação.

Partindo do 15.º lugar da grelha, o piloto português foi com Mir um dos dois grandes corredores do dia recuperando 10 posiçôes em pista. Um excelente arranque deu-lhe o 12.º lugar na primeira volta.

Ultrapassando alguns infortúnios dos adversários, isento de erros e fazendo tudo o que podia fazer para chegar o mais à frente que era possível, o Falcão português da Tech3 KTM foi ganhando poisções, ultrapassando quem tinha de ultrapassar – incluindo o seu companheiro de equipa, Iker Lecuona – e só ‘parando’ quando já não era possível chega mais longe.

O Filme da Corrida

A Classificação final do GP da Emilia Romagna:

Andrea Dovizioso mantém com 84 pontos a liderança de um Mundial que está ao rubro. O italiano da Ducati (que foi oitavo) tem agora 1 ponto de vantagem sobre Quartararo e Vinãles.

Miguel Oliveira subiu dois lugares no Mundial ocupando a oitava posição da tabela, com 59 pontos, sendo o mais bem classificado com uma KTM.

A Classificação do Mundial de MotoGP:

O Mundial de MotoGP prossegue já na próxima semana com o GP da Catalunha no dia 27.

[artigo atualizado]

  • TEMAS:
  • Miguel Oliveira

  • MotoGP AO VIVO

  • Gp emilia romagna

Veja mais