Miguel Oliveira: “Acredito que teremos muitos pódios”

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira (imagem KTM Ajo)
Miguel Oliveira (imagem KTM Ajo)
Piloto português confia que "mais tarde ou mais cedo" estará no MotoGP

Miguel Oliveira mostra total confiança na sua equipa e o piloto português acredita que a competência da KTM Ajo dar-lhes-á muitos pódios ao longo desta época do Moto2 que começou no passado fim de semana.

E é através dos bons resultados que espera obter neste ano, que Miguel Oliveira confia continuar a trilhar o caminho para “mais tarde ou mais cedo” ser promovido à categoria rainha do motociclismo: o MotoGP.

"Esta época está muito aguerrida, todos os adversários trabalharam muito bem durante a pré-época, estão mais à vontade em certas situações, mas tenho plena confiança na minha equipa. Tenho a melhor equipa para me ajudar a atingir os meus objetivos. Acredito que teremos muitos pódios."

Em declarações à margem de uma ação com patrocinadores, como escreve a agência Lusa, o português assumiu a confiança na KTM apesar do quinto lugar na corrida de abertura do Mundial, atrás de quatro Kalex: “As duas [motas] estão a um nível bastante bom. Estou de consciência tranquila. Sei que as nossas oportunidades vão surgir com naturalidade.”

“O que pode preocupar mais é a nível de pilotagem. Há pilotos que estão muito fortes, como o Márquez, o Bagnaia e também o Baldassarri, que parece que se pode tornar num piloto que pode ameaçar as vitórias."

O caminho de 2018 ainda agora começou e o MotoGP fica neste momento para ser preparado pelo seu pai, pois Miguel Oliveira quer centrar-se nos passos que dependem de si para lá chegar: "Sei que, mais cedo ou mais tarde, terei a minha chance no MotoGP, mas deixo esse trabalho para o meu pai, ele é que está encarregue disso. Essa entrada vai depender de resultados e é nisso que tenho de me focar, abstraído de tudo o resto."

VEJA TAMBÉM:

  • TEMAS:
  • Miguel Oliveira

  • Moto2

  • MotoGP

Veja mais