GP do Algarve termina com bandeira vermelha após queda envolvendo Miguel Oliveira

  • Redação Autoportal
  • 7 nov, 13:50
Miguel Oliveira (Lusa)
Miguel Oliveira (Lusa)

Piloto português teve de passar pelo hospital

O GP do Algarve de MotoGP terminou com uma bandeira vermelha a duas voltas do final depois de uma queda que envolveu Miguel Oliveira.

O piloto português foi colhido por Iker Lecuona com ambos a despistarem-se e o Falcão a parecer sair um pouco maltratado do choque.

PUB

A bandeira vermelha coincidiu com o transporte do Falcão para fora do local do acidente numa maca tendo a reporategm da «Sport TV» dado conta de que Miguel Oliveira chegou a perder a consciência.

Já com a corrida finalizada, foi possível ver Miguel Oliveira e Iker Lecuona de pé e a falarem, para serem depois levados para o paddock.

O piloto português foi levado para o Centro Médico para fazer, segundo o MotoGP, um "check-up" e, entretanto regressou ao quartel-general da KTM.

Iker Lecuona também se encontra bem de saúde e revelou que pediu desde logo desculpas a Miguel Oliveira quando foi certificar-se de que o português estava bem explicando como foi o acidente.

"Quando tentei ultrapassar o Miguel houve um ressalto, despistei-me e e ficámos de fora. Fui logo ter com ele para pedir desculpa e certificar-me de que ele estava OK. lamento muito por ele." 

PUB

Mguel Oliveira foi depois levado a um hospital nas imediações de Portimão para continuar os exames de prevenção e realizar, como escreve a Lusa, "normais exames médicos", segundo informou a KTM referindo que o piloto português está bem

 

Continuar a ler

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS