Marc Márquez:  “A frente da moto é o maior problema”

  • Redação Autoportal
Marc Márquez (Honda)
Marc Márquez (Honda)

Marc Márquez ainda não está totalmente recuperado da intervenção cirúrgica ao ombro a que foi sujeito, mas o espanhol da Honda acredita que a sua equipa tem muito trabalho a fazer com a nova moto.

Para o campeão do mundo de MotoGP, a Honda sabe que a dianteira da RC213V é ainda um problema que tem de ser resolvido.

“É normal que ainda estejamos a trabalhar nessa área, mas nestes testes de Sepang não estava concentrado nisso, até porque não estava a 100% e não pude dar o meu melhor nestes três dias de trabalho”, afirmou Marc Márquez.

O piloto espanhol acredita que os próximos testes em Losail, no Qatar, vão servir para resolver outros problemas com a RC213V.

“Em Sepang trabalhamos na aceleração da moto, mas a verdade é que ainda não posso entrar nas curvas como gosto. Sinto que neste momento a frente da moto é o maior problema e por isso vamos ter de melhorar nos próximos testes”, concluiu Márquez.

VEJA TAMBÉM:

Veja mais