Miguel Oliveira: “A posição inicial acabou por impedir um resultado melhor”

  • Redação Autoportal
  • 9 ago 2020, 14:28
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

Piloto português realizou uma corrida de trás para a frente

Miguel Oliveira (Tech3 KTM) conseguiu este domingo o melhor resultado de sempre no MotoGP, ao terminar o GP da Rep. Checa na sexta posição, numa corrida onde Brad Binder (KTM) alcançou a vitória.

Oliveira, que partiu da 13.ª posição, terminou as 21 voltas ao traçado de Brno, na luta com Valentino Rossi (Yamaha) pela quinta posição, numa corrida onde o piloto português apresentou um bom ritmo, mostrando que se tem conseguido na Qualificação um lugar melhor na grelha de partida poderia estar na luta pelos lugares da frente.

“Foi um bom fim de semana. Fizemos uma corrida positiva e um bom trabalho durante os três dias. Olhando para a corrida é claro que a posição inicial acabou por impedir um resultado melhor, precisamos conviver com isso e fazer um trabalho melhor na próxima corrida que será dentro de alguns dias”, sublinhou Miguel Oliveira em comunicado.

Com este resultado, Miguel Oliveira subiu ao 12.º lugar da classificação do campeonato, que é liderada por Fabio Quartararo (Yamaha), que não foi além do sétimo lugar na corrida de Brno.

A próxima ronda do Mundial de MotoGP é o GP da Áustria que terá lugar dentro no próximo domingo no circuito de Red Bull Ring.

RELACIONADOS

MotoGP: o melhor Miguel Oliveira de sempre na vitória de Brad Binder em Brno

GP da Rep. Checa: Miguel Oliveira sai do 13.º lugar da grelha de partida

GP da Rep. Checa: queda arrasta Miguel Oliveira para a Q1

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS