Miguel Oliveira: “Ainda não sei a que distância estamos do limite”

  • Redação Autoportal
  • 11 fev, 17:54
Miguel Oliveira (KTM)
Miguel Oliveira (KTM)

Piloto português cumpriu o primeiro dia de testes do MotoGP na Indonésia

Miguel Oliveira assume-se “otimista” com o que ainda tem para fazer e conseguir nos dois dias que faltam para a segunda e última ronda de testes da pré-época do MotoGP que arrancou nesta sexta-feira na Indonésia.

O piloto português da KTM fechou este primeiro dia com o 16.º tempo e, apesar das dificuldades que a pista de Mandalika apresentou neste primeiro dia, devido à sujidade, confia que te condições para melhorar até final dos testes.

PUB

“Ainda faltam dois dias e não sei a que distância estamos do limite. Hoje foi difícil ver. Todos terminaram o dia com o sentimento de que podem ir muito mais depressa. Estou otimista”, admitiu o Falcão em conferência de imprensa virtual citada pela Lusa.

Miguel Oliveira considera que a pista indonésia que integrará o calendário do Mundial deste ano “é interessante e dará boas provas”, mas, também, que “é difícil de comparar com outras”.

“A última curva lembra-me um pouco a Argentina. Algo novo são as curvas rápidas à direita e a rápida mudança de direção entre as sétima e oitava curvas”, precisou o piloto português sem deixar de acreditar que a KTM terá “uma moto que será competitiva” em Mandalika.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Testes MotoGP: Miguel Oliveira sai na frente de manhã e desce ao final do dia

Testes MotoGP: Miguel Oliveira trabalhou qualificação e ritmo de corrida

Miguel Oliveira fecha os primeiros testes de MotoGP como o melhor das KTM

Miguel Oliveira arranca para 2022 com o 16.º tempo e uma queda

Salários de milhões no MotoGP são um campeonato ainda sem lugar para Miguel Oliveira

COMPUTADOR DE BORDO

Veja como deve circular nas rotundas de forma correta (ciclistas também)

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

VEJA MAIS

MAIS LIDAS