Miguel Oliveira apela a que não vão esperá-lo ao aeroporto devido à covid-19

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira (Lusa)
Miguel Oliveira (Lusa)
Piloto português pede que sejam respeitados os procedimentos de segurança em tempos de pandemia

Miguel Oliveira fez nesta segunda-feira um apelo aos fãs e aos amigos para que não vão esperá-lo ao aeroporto. O motivo do apelo prende-se com a pandemia de covid-19 e os inerentes riscos de contágio numa chegada que todos esperariam ser de celebração pela vitória no GP da Estíria de MotoGP.

“Não me esperem no aeroporto”, pede o Falcão em letras capitais numa publicação com um vídeo nas redes socias em que explica as razões do apelo: “Como compreendem, não posso correr o risco de ficar contaminado e impedido de competir.”

Miguel Oliveira agradece “a todos” pelas mensagens e frisa que todos têm lugar no seu coração, mas lembra também que a covid-19 não permite uma celebração e uma chegada como todos mereciam, “à campeão”, pedindo que se respeite a segurança de todos para que a alegria nas pistas possa continuar.

  • TEMAS:
  • Miguel oliveira

  • MotoGP

  • Covid-19

Veja mais