Miguel Oliveira: “É uma pena não ter fãs nas bancadas de Portimão”

  • Redação Autoportal
  • 5 nov 2020, 16:39
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira

Piloto da Tech3 KTM lamenta a ausência de público no regresso do MotoGP a Portugal

Miguel Oliveira (Tech 3KTM) considera que a ausência de público do GP de Portugal de MotoGP, que terá lugar no próximo dia 22 de novembro, é lamentável mas reconhece ser necessário perceber a situação.

"É uma pena não ter fãs nas bancadas de Portimão, algo que soubemos no sábado. Temos de perceber e manter uma atitude positiva e motivação para correr ali", revelou o piloto português citado pela agência «Lusa», na conferência de imprensa de antevisão do GP da Europa, que este fim de semana terá lugar no Circuito Ricardo Tormo, em Valência.

PUB

Oliveira, cujo companheiro de equipa, o espanhol Iker Lecuona, vai falhar a corrida do fim de semana devido ao teste positivo do irmão, tendo de permanecer dez dias em isolamento, considera que "é uma pena para o Iker falhar esta prova, apesar de ter um teste negativo".

"Somos sempre aconselhados a ficar na nossa bolha dentro do ‘paddock'. É muito difícil para toda a gente manter essa bolha fidedigna porque muitos saem para hotel, alguns não têm restaurantes e as equipas têm de sair", explicou Miguel Oliveira.

PUB

O piloto da Tech3 KTM admite que "é duro" ficar durante tantos dias fechado nos circuitos, mas "os maiores prejudicados são os pilotos que, se tiverem um teste positivo, não podem correr", concluiu o piloto português.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Miguel Oliveira: “Estou motivado para as três últimas rondas do campeonato”

Miguel Oliveira em Valência: os horários do GP da Europa

GP da Europa: colega de Miguel Oliveira fica em isolamento e não corre

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS