MotoGP Alemanha: Miguel Oliveira arranca na 14ª posição, Bagnaia tem a pole

  • Redação Autoportal
  • 18 jun, 15:17
Francesco Bagnaia (Lusa)
Francesco Bagnaia (Lusa)

O piloto nacional é o melhor das motas com motor KTM na grelha de partida para amanhã

Depois de ter sido o mais rápido ontem nos tempos livres, Francesco Bagnaia, em Ducati, continua a dominar o fim de semana em Sachsenring, tendo rubricado esta tarde a pole position, tendo sido o único a rodar abaixo 1:20, com o tempo de 1:19.931.

Miguel Oliveira melhorou ligeiramente em relação a ontem e vai partir do 14º lugar da grelha, com o tempo de 1:20.656. Ainda assim o piloto nacional pode lamentar a sorte porque ficou a escassos 0,02 segundos de poder ter participado na Q2. Por outro lado, Oliveira, apesar de estar de saída da KTM Red Bull é o melhor piloto da marca amanhã na grelha de partida.

PUB

Para amanhã, Bagnaia, na primeira linha, terá a companhia de Fabio Quartararo em Yamaha, Johann Zarco em Ducati e Aleix Espargaro em Aprilia.

Curiosidade, tal como ontem, a excelente performance das motas com motor Ducati que, para que metem quatro pilotos na segunda linha. Alemanha parece ser terreno fértil para os motores italianos.

MotoGP da Alemanha realiza-se amanhã pelas 13h00

Domingo 19 de junho

PUB
  • 8H40 – 9H00 – Warm Up Moto GP
  • 13H00 – Corrida Moto GP

A classificação atual do campeonato

  • 1.º Fabio Quartararo (Yamaha), 147 pontos
  • 2.º Aleix Espargaró (Aprilia), 125 pontos
  • 3.º Enea Bastianini (Ducati), 94 pontos
  • ...
  • 11.º MIGUEL OLIVEIRA (KTM), 57 pontos
Continuar a ler

RELACIONADOS

MotoGP: Miguel Oliveira com o 17º tempo hoje na Alemanha. Bagnaia na frente

Moto GP Alemanha: Todos os horários para este fim de semana

Vídeo: motociclista escapa a roubo da moto com fuga a alta velocidade em contramão

Miguel Oliveira deixa Barcelona com uma moto italiana no caminho a seguir em 2023

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS