Miguel Oliveira vs. Brad Binder: Piloto nacional com vantagem após começo tremido

  • Redação Autoportal
  • 16 jul, 16:00
Miguel Oliveira e Brad Binder (KTM)
Miguel Oliveira e Brad Binder (KTM)

Miguel Oliveira foi promovido este ano à equipa principal KTM Red Bull Factory onde encontrou Brad Binder que até começou melhor a temporada

O começo de uma nova época é sempre um grande desafio, e, Miguel Oliveira, depois de um ano de 2020 com altos e baixos na KTM Tech 3 viu como natural a sua promoção à estrutura principal da marca austríaca, em particular quando vinha de um final de época coroado com uma espetacular vitória em Portugal.

Na primeira prova de 2021, em jornada dupla nos Emirados Árabes Unidos, Miguel ficou-se pelo 13º lugar e o seu novo colega, que já tinha transitado de 2020, Brad Binder, ficou logo atrás. Não era um bom arranque para Miguel, mas também não era para a equipa.

PUB

Na segunda prova na quente pista dos EAU, denominada de GP de Doha, Miguel fez pior que Binder (oitavo) e terminou no último lugar pontuável.

Depois vinha a pista da “casa” de Miguel, mas o infortúnio bateu à porta e uma queda atirou o Falcão para os últimos lugares tendo terminado em grande sofrimento, e, como haveria de reconhecer na altura, apenas por respeito ao público nacional. Aí, em Portimão, Binder haveria de conseguir um 5º lugar e, com 21 pontos, era o piloto nº 01 da KTM no campeonato.

PUB

Em Jerez foi o inverso e quem ficou fora foi Binder, com Miguel a conseguir um 5º lugar, ainda assim longe das lutas da frente.

Le Mans haveria de complicar ainda mais a vida para Oliveira, nova queda, desistência, mas a KTM não conseguiria melhor que o 13º lugar de Binder.

A equipa precisava de algo mais. Miguel Oliveira também. Começava a pairar em alguns menos crentes a sensação de que este ano não iria correr de feição para as cores nacionais.

PUB

Estavam todos enganados!

O contra-ataque de Miguel Oliveira

Mugello, pista talismã do piloto nacional, haveria de assistir à melhor qualificação da época, até então e um fabuloso segundo lugar em luta com Fabio Quartararo (Yamaha) que haveria de vencer e Joan Mir (Suzuki) que ficou em terceiro.

Mas Brad Binder mantinha-se à espreita com um bom quinto lugar.

Veio de novo solo espanhol, e, na Catalunha, Miguel foi imperial. Depois do 4º lugar na grelha, arrancou para o primeiro lugar e só terminou de champagne na mão na posição superior do pódio. Primeira vitória da época e ânimo redobrado para a Alemanha onde não aliviou o punho.

PUB

O segundo lugar, em Sachensring, calou os poucos que não tinham sido calados em Espanha e levou a elogios de outros pilotos, tendo inclusive o francês Quartararo líder do campeonato dito “ainda bem que Miguel começou mal o campeonato”.

O sul-africano seu colega de equipa também se mostrou em boa forma tendo ficado à beira do pódio, na quarta posição.

A KTM começava a mostrar que o terceiro lugar no Campeonato dos Construtores não é obra do acaso e que vão ter que contar com a equipa para a luta pelas primeiras posições.

KTM de Miguel Oliveira chega-se à frente e já só perde para Yamaha e Ducati

Até porque, a dupla chegou aos Países Baixos e, apesar da menor prestação de Binder que ficou apenas em 12º, viu Oliveira vincar quatro corridas de seguida no Top5, com um quinto-lugar.

Um terço da época já se passou, estamos na pausa do Moto GP, antes de uma jornada dupla, justamente na “casa” da equipa KTM, com os grandes prémios da Estíria e Áustria a serem muito importantes.

PUB
Patrões da KTM muito satisfeitos com Miguel
PUB

Para já, vantagem lusa, Miguel segue em 7º no campeonato com 85 pontos, e, Brad Binder, segue em 9º com 60 pontos. 25 pontos separam os colegas de equipa. É o espaço de uma vitória.

E a próxima prova a KTM lembra-se bem de 2020, Miguel Oliveira, corria na equipa satélite Tech3 e… venceu na Estíria à frente de todos.

Vai ser um agosto quente na Áustria!

  Miguel Oliveira Brad Binder
Qatar 13º 3p 14º 2p
Doha 15º 1p 8º 8p
Portimão (Portugal) - - 5º 11p
Jerez (Espanha) 5º 11p - -
Le Mans (França) - - 13º 3p
Mugello (Itália) 2º 20p 5º 11p
Catalunha (Espanha) 1º 25p 8º 8p
Sachensring (Alemanha) 2º 20p 4º 13p
Países Baixos 5º 11p 12º 4p

 

 

Continuar a ler

RELACIONADOS

Miguel Oliveira na Estíria: KTM oferece 1 bilhete na compra de outro para ver a corrida

KTM de Miguel Oliveira chega-se à frente e já só perde para Yamaha e Ducati

Miguel Oliveira aponta “à vitória” se voltar a Portimão em 2021

Miguel Oliveira deixa aviso: “Têm de contar comigo” até final do campeonato

COMPUTADOR DE BORDO

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

Atenção às datas de revalidação de carta de condução. Faça tudo online e poupe 10%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS