Dakar: Pablo Quintanilla é o novo líder, Mário Patrão abandona

  • Redação Autoportal
Mário Patrão
Mário Patrão
Sexta etapa faz mais uma baixa na comitiva portuguesa

Pablo Quintanilla (Husqvarna) é o novo do Rali Dakar nas motos depois de ter vencido a sexta etapa neste domingo e ganhando sete minutos e meio a Ricky Brabec (Honda), que tinha ido para o dia de descanso (no sábado) no comando da prova e foi hoje o sexto na tirada.

Quintanilla cumpriu os 336 km cronometrados da ligação entre Arequipa e San Juan de Marcona (838 km) em 3h50m47s deixando Kevin Benavides (Honda) a 1m52s e o campeão em título, Matthias Walkner (KTM), a 4m21s.

O chileno passou agora a liderar com 4m38s sobre o norte-americano enquanto o austríaco detentor do título a ocupar o sexto lugar da classificação geral.

A comitiva portuguesa voltou neste domingo a sofrer mais uma baixa com o abandono de Mário Patrão, segundo informava a organização da prova no final da etapa. O piloro da KTM tinha passado a ser o mais bem classificado entre os lusos, na 21.ª posição, depois do abandono de Paulo Gonçalves, mas Patrão também já não passou desta sexta etapa.

Como noticiou a agência Lusa mais tarde, o piloto de Seia caiu pouco depois do primeiro controlo de passagem, numa zona de pedras, quando seguia no meio do pó de outros pilotos.

Mário Patrão ainda tentou continuar a etapa, mas as dores nas costas e no pescoço forçaram à paragem.

Depois de assistido pelos médicos da prova, o piloto da KTM foi transportado para o hospital central de Lima, como informou a sua assessoria de imprensa segundo a Lusa.

O melhor português neste domingo foi António Maio (Yamaha), com o 17.º tempo, a 42m43s de Quintanilla e é também agora o melhor português na «geral» depois de Joaquim Rodrigues (Hero) ter saído do top 20 - onde ficaria se não tivesse sofrido uma penalização de 41 minutos que o atirou do 21.º para o 30.º lugar na etapa.

Classificação (provisória) da sexta etapa (motos):

1. Pablo Quintanilla (Husqvarna), 3h50m47s

2. Kevin Benavides (Honda), +1m52s

3. Matthias Walkner (KTM), +4m21s

4. Toby Price (KTM), +4m48s

5. Adrien van Beveren (Yamaha), +5m48s

(...)

17. António Maio (Yamaha), +42m43s

(...)

21. Sebastian Buhler (KTM), 51m40s

(...)

29. Fausto Mota (Husqvarna), +1h24m21s

30. Joaquim Rodrigues (Hero), +1h30m22s

(...)

33. David Megre (KTM), +1h33m56s

(...)

Classificação geral (provisória) do Dakar (motos):

1. Pablo Quintanilla (Husqvarna), 20h45m13s

2. Ricky Brabec (Honda), +4m38s

3. Toby Price (KTM), +5m17s

4. Kevin Benavides (Honda), +8m01s

5. Adrien van Beveren (Yamaha), +9m32s

(...)

22. António Maio (Yamaha), +3h42m23s

(...)

26. Joaquim Rodrigues (Hero), +4h05m23s

27. Sebastian Buhler (KTM), 4h13m10s

(...)

36. David Megre (KTM), +7h01m56s

(...)

43. Fausto Mota (Husqvarna), +8h03m13s

(...)

[artigo atualizado]

  • TEMAS:
  • Mário Patrão

  • Pablo Quintanilla

  • Dakar 2019

Veja mais