Dakar: Quintanilla vence etapa, Brabec ‘aguenta’ vantagem confortável

  • Redação Autoportal
Pablo Quintanilla (Lusa)
Pablo Quintanilla (Lusa)
Toby Price entrou no pódio da 'geral' ao final da nona etapa

Pablo Quintanilla (Husqvarna) venceu nesta terça-feira a nona etapa do rali Dakar na prova de motos e reduziu a vantagem para o líder da classificação geral, mas Ricky Brabec (Honda) mantém uma vantagem confortável a três rondas do final.

Quintanilla fez 3h30m33s para cumprir os 410 quilómetros cronometrados da ligação entre Wadi Al Dawasir a Haradh deixando Toby Price (KTM) a 1m54s do chileno.

Brabec foi o quarto classificado na etapa cedendo 3m55 a Qu9ntanilla, mas guardando ainda mais de 20 minutos sobre o chileno. Toby Price é agora o terceiro classificado.

Entre os portugueses, Mário Patrão (KTM) foi o 26.º na etapa (a 26m55s do vencedor), Fausto Mota (Husqvarna), foi 35.º (38m29s) e António Maio (Yamaha), penalizado em 15m, foi 42.º (a 44m45s).

Classifcação geral (provisória) após a 9.ª etapa (motos):

1. Ricky Brabec (Honda), 31h59h29s

2. Pablo Quintanilla (Husqvarna), +20m53s

3. Toby Price (KTM), 26m43s

4. Joan Barreda (Honda), +28m16s

5. José Ignacio Cornejo (Honda), +29m29s

(...)

28. António Maio (Yamaha), +5h27m42s

(...)

33. Fausto Mota (Husqvarna), +6h50m01s

(...)

35. Mário Patrão (KTM), +7h12m37s

(...)

Esta nona ronda do Dakar nas motos foi a primeira a realizar-se após a morte de Paulo Gonçalves no domingo na sétima etapa – a oitava foi cancelada.

A 10.ª etapa do Dakar realiza-se nesta quarta-feira ligando Haradh e Shubaytah numa distância total de 608 km com 534 cronometrados. Esta será a primeira parte de uma etapa maratona, em que os pilotos só poderão receber assistência de outros competidores, tendo ainda 30 quilómetros de dunas na parte final do percurso.

  • TEMAS:
  • Pablo quintanilla

  • Dakar

  • Ricky brabec

Veja mais