F1: Grosjean mostra as cicatrizes nas mãos após o acidente do Bahrain

  • Redação Autoportal
  • 13 jan, 10:45
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

Piloto francês continua recuperar do violento acidente na antepenúltima ronda da temporada de 2020

O piloto francês Romain Grosjean revelou a extensão das queimaduras nas suas mãos, seis semanas após o acidente do GP do Bahrain de F1.

Grosjean que revelou estar a recuperar bem, já tirou as ligaduras que protegiam as suas mãos, afetadas pelas chamas do seu monolugar na sequência do acidente no Bahrain a 29 de novembro, e recorreu às redes sociais para mostrar a extensão das cicatrizes nas suas mãos.

Recorde-se que o monolugar de Romain Grosjean, incendiou-se na sequência do violento acidente, com as chamas a envolveram o piloto francês quando ainda estava dentro do carro.

Felizmente, Grosjean saiu pelo seu pé do mar de chama, tendo sido rapidamente pela equipa médica que seguia atrás do pelotão, como é hábito na primeira volta de cada corrida de F1.

RELACIONADOS

Grosjean foi operado a um dedo e “tudo correu bem”

Grosjean falha Abu Dhabi e começa a preparar futuro fora da F1

Veja aqui: Grosjean já voltou a sentar-se no Haas

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS