Vettel: Ferrari "demorou muito tempo” a perceber o que “faltava”

  • Redação Autoportal
Sebastian Vettel (Lusa)
Sebastian Vettel (Lusa)

O desempenho dos Ferrari no GP dos EUA de Fórmula 1 com a vitória de Kimi Raikkonen a Sebastian Vettel a conseguir recuperar do 15.º até ao 4.º lugar foi reconhecido por todos – inclusivamente pelos rivais da Mercedes – mas o piloto alemão lamenta que a Scuderia tenha percebido tarde de mais como voltar ao andamento da primeira parte da época.

“Demorou muito tempo. São boas notícias, mas também são más notícias”, afirmou Vettel, numa citação do «Crash.net» explicando como a Ferrari retrocedeu em relação às evoluções que fez no SF71H: “Se temos de voltar atrás para um carro que foi competitivo há três ou quatro meses, seguramente que, se pensarmos, não podem ser boas notícias.”

O vice-líder do campeonato confessa que “é difícil de explicar” o que aconteceu “se não se vê que há um problema”. “Sentimos que o carro não estava tão forte como antes, mas se não se vê nada mal, então não se sabe que está algo mal.”

“Todos os passos que demos pareceram fazer sentido. Mas, agora, olhando para trás, não fizeram. Faltava claramente alguma coisa”, assumiu Vettel.

VEJA TAMBÉM:

F1: o que falta a Hamilton para ser campeão no México

Comentários

Veja mais