Rali da Grã-Bretanha: Tänak fica fora e Ogier é o líder

  • Redação Autoportal
Sébastien Ogier (Lusa)
Sébastien Ogier (Lusa)

Sébastien Ogier (Ford Fiesta) é o líder do Rali da Grã-Bretanha a um dia do final da antepenúltima prova do calendário 2018 do WRC após um sábado «trágico» para os seus principais adversários.

Ott Tänak (Toyota Yaris) trazia de sexta-feira o comando detido de forma dominadora e, quando Thierry Neuville (Hyundai i20) cometeu um erro e foi parar dentro de uma vala, o caminho do estónio para o quarto triunfo seguido da época parecia completamente escancarado.

Mas essa foi só a primeira parte da tragédia. Na segunda, o protagonista foi o próprio Tänak. Segundo adianta o WRC (sem confirmação), o radiador do Yaris cedeu após uma forte aterragem e o caminho do triunfo em Gales abriu-se noutra direção.

Ogier fechou o dia na frente com 4.4s de vantagem sobre Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris) e apenas 13.4 sobre o quarto classificado – prevendo-se um domingo com cinco especiais onde ainda pode haver muito por dizer.

Por enquanto, o piloto da M-Sport lamenta a sorte de Tänak e assume que não pode facilitar no último dia para sair vitorioso da 11.ª etapa do Mundial de Ralis.

“É uma grande batalha desde o início do dia. Estou a todo o gás e contente com o que fiz. Dei tudo e vou continuar amanhã [domingo]. É uma pena para o Ott. Neste fim de semana, ele estava num nível completamente diferente.”

Classificação do Rali da Grã-Bretanha após 18 especiais:

Comentários

Veja mais