Miguel Oliveira: “Não estou em dificuldades, tenho apenas de ir mais rápido”

  • Redação Autoportal
  • 12 fev, 16:02
Miguel Oliveira (Lusa)
Miguel Oliveira (Lusa)

Piloto português da KTM precisa ainda de trabalhar as voltas rápidas

Miguel Oliveira explicou que neste sábado conseguiu trabalhar o ritmo de corrida, mas que o trabalho de qualificação ainda sobrou para o último dia destes testes de pré-época do MotoGP que finalizam neste domingo na Indonésia.

O piloto português da KTM ficou apenas com o 18.º tempo deste segundo dia na pista de Mandalika e tem uma explicação: “Fizemos outra vez muitas voltas, para tentar aprender a pista e tentar que ficasse mais limpa. Foi uma grande mudança nos resultados na parte final da sessão. Não tínhamos mais opções e não fizemos a volta rápida na altura certa. Temos potencial para amanhã [domingo] de manhã conseguir um bom tempo.”

PUB

“Não estou em dificuldades em nenhuma área. Tenho apenas de ir mais rápido para melhorar os resultados”, disse Oliveira nestas declarações veiculadas pela Lusa explicando que, na simulação de corrida, “o ritmo não foi mau”, pois conseguiu “manter o ritmo mesmo com o pneu já desgastado”.

Na parte da tarde desta sessão, o foco foi apontado ao pneu médio traseiro, pois o composto macio poderá ser demasiado brando para a corrida em Mandalika e “será difícil ter este pneu disponível” naquela que será a segunda prova do calendário.

PUB

“Muitos dos pilotos à minha frente não têm o meu ritmo, mas conseguem ser rápidos a uma volta. Temos de nos concentrar nisso amanhã [domingo]”, explicou Miguel Oliveira em relação ao trabalho que fez, que os outros fizeram e que lhe falta ainda também fazer.

“É uma pista nova, com novas referências, mas continua a faltar-me ritmo a uma volta. Ainda falta um dia. Aqui só há uma linha e, fora dela, há muita sujidade e será difícil ultrapassar. Não estou completamente satisfeito com a forma como terminámos, mas o resultado não demonstra todo o trabalho feito”, garantiu o piloto luso.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Miguel Oliveira melhora com a subida dos andamentos em Mandalika

Miguel Oliveira: “Ainda não sei a que distância estamos do limite”

Testes MotoGP: Miguel Oliveira sai na frente de manhã e desce ao final do dia

Testes MotoGP: Miguel Oliveira trabalhou qualificação e ritmo de corrida

Salários de milhões no MotoGP são um campeonato ainda sem lugar para Miguel Oliveira

COMPUTADOR DE BORDO

Veja como deve circular nas rotundas de forma correta (ciclistas também)

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

VEJA MAIS

MAIS LIDAS