WTCR Vila Real: espera-se “a melhor edição de sempre”

Tiago Monteiro
Tiago Monteiro
Estarão presentes sete campeões do mundo

A organização do Circuito Internacional de Vila Real espera que a edição do WTCR deste ano seja "a melhor de sempre" apresentando "sete campeões do mundo" e o piloto português Tiago Monteiro.

"Nunca a nossa corrida, em 88 anos, esteve tão bem. A grelha está muito preenchida. Tendo em conta que é um circuito citadino, estamos em crer que vai ser uma prova extraordinária", sublinhou José Silva, o presidente da Associação Promotora do Circuito.

À corrida da Taça do Mundo de Turismos, em que deverão participar entre 26 a 28 carros, junta-se a do Open de Portugal e o TCR Ibérico, para além dos Legends e Clássicos do campeonato nacional e o troféu Kia Picanto, num total de cerca de 160 pilotos participantes.

Os olhares estarão concentrados, sobretudo, no português Tiago Monteiro, que regressa com o Honda Civic à prova transmontana na sua 50.ª edição, depois de um ano de ausência devido a lesão.

"Este tipo de pressão é importante para ter um bom resultado. Tenho experiência suficiente para saber gerir isso e é com muito prazer que aceito este desafio", disse o piloto portuense, de 42 anos.

De acordo com Tiago Monteiro, esta “será a edição mais difícil ao nível da competitividade dos pilotos e do número de carros em pista, o que aumenta a possibilidade de que algo corra mal”, pelo que será necessária a “estrelinha da sorte” que faça ultrapassar as “adversidades".

"Ter estado parado um ano e meio veio redobrar a minha motivação e vontade de brilhar. Estou motivado a mil por cento e vou dar tudo por tudo. As últimas corridas não têm sido fáceis, mas estamos a lutar para alterar isso", prometeu o piloto luso, que tem como melhor resultado nesta temporada um quarto lugar, obtido na prova de abertura, em Marraquexe, Marrocos.

  • TEMAS:
  • WTCR

  • Vila Real

  • Tiago Monteiro

Veja mais