PUB

F1: Bottas aproveita erro de Hamilton e ganha sem problemas na Rússia

  • Redação Autoportal
Valtteri Bottas (Lusa)
Valtteri Bottas (Lusa)
Décima prova da temporada correu-se em Sochi

Valtteri Bottas (Mercedes) venceu neste domingo o GP da Rússia de Fórmula 1 com toda a tranquilidade aproveitando um erro de Lewis Hamilton (Mercedes) que foi cometido ainda antes de começar a Corrida.

Max Verstappen (Red Bull) foi o segundo classificado e Hamilton acabou por ficar com o terceiro lugar do pódio vendo os dois pilotos que ficaram à sua frente aproximarem-se na classificação do campeonato.

A partida era aguardada com muita expetativa, pois Hamilton saía da pole position no lugar mais desconfortável e com pneus macios, enquanto Verstappen – ao seu lado na primeira linha – partia com médios e – na fila atrás – Bottas também, procurando ambos beneficiar do cone de ar do campeão do mundo.

Mas um episódio ocorrido antes da largada aumentou ainda mais essa expetativa de uma partida que acabou mesmo por ser atribulada. À saída das boxes para pista, Hamilton testou o arranque já fora do local regulamentar e anunciava-se uma penalização quando os carros ainda se alinhavam para a grelha.

Quando os semáforos vermelhos do Autódromo de Sochi apagaram, Hamilton largou bem e segurou o primeiro lugar. Bottas foi quem teve o melhor arranque e conquistou o segundo lugar a Verstappen. E a expetativa guardada acabou recheada com dois acidentes que obrigaram à entrada do Safety Car logo à primeira volta.

Carlos Sainz jr. (Mclaren) não conseguiu passar incólume numa escapatória preparada para trajetórias mais largas e bateu a grande velocidade no muro. Logo a seguir, Lance Stroll (Racing Point) foi também despistar-se contra as barreiras na sequência de um toque sofrido que deixou o seu carro sem controlo.

À Volta 6, o Safety Car regressou às boxes quando já se sabia que Hamilton ia ter de cumprir uma dupla penalização de 5 segundos por dupla infração na saída das boxes. O inglês não demorou muito a reagir à contrariedade e à Volta 7 eixou a liderança para ir às boxes cumprir os 10 segundos de penalização e trocar os macios pelos duros.

Hamilton regressou em 11.º lugar e ficava destinado a uma prova de recuperação para minimizar as perdas – que já então não pareciam incluir o Mercedes de Bottas. O finlandês assumiu a liderança com total tranquilidade e, sem problemas que aparecessem, tinha via aberta para a nona vitória da carreira.

Verstappen recuperou também o segundo lugar com que partiu e as maiores batalhas pareciam ficar reservadas para lá dos lugares do pódio; como assim aconteceu. Hamilton chegou sem dificuldades de maior ao terceiro lugar da Corrida, mas, quer Verstapppen, quer ainda mais Bottas se mostraram impassíveis na estratégia e no andamento que tiveram até final.

Ainda não foi desta vez que Lewis Hamilton igualou as 91 vitórias de Michael Schumacher. Já Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) igualou o recorde de Rubens Barrichello de 322 corridas feitas na F1 com um 14.º lugar, enquanto Sebastian Vettel assinalou o seu grane prémio 250 com o 13.º lugar.

A Classificação final do GP da Rússia:

Revisite os momentos mais importante do GP da Rússia nos artigos relacionados.

Na classificação do Mundial de Pilotos, Bottas aproximou-se de Hamilton ficando a 44 pontos do seu companheiro de equipa.

Classificação do Mundial de Pilotos:

1. Lewis Hamilton (Mercedes), 205 pontos

2. Valtteri Bottas (Mercedes), 161

3. Max Verstappen (Red Bull), 128

4. Lando Norris (McLaren), 65

5. Alex Albon (Red Bull), 64

6. Daniel Ricciardo (Renault), 63

7. Charles Leclerc (Ferrari), 57

8. Lance Stroll (Racing Point), 57

9. Sergio Pérez (Racing Point), 56

10. Pierre Gasly (AlphaTauri), 45

(...)

Classificação do Mundial de Construtores:

1. Mercedes, 366 pontos

2. Red Bull, 192

3. Mclaren, 106

4. racing Point, 104

5. renault, 99

6. Ferrari, 74

7. AlphaTauri, 59

(...)

O Mundial de F1 prossegue na Alemanha com o GP de Eifel, no fim de semana de 9 a 11 de outubro

[arigo atualizado]

  • TEMAS:
  • Valtteri bottas

  • Formula 1

  • Gp russia

Veja mais