Rali da Argentina: Thierry Neuville mais perto da vitória

  • Redação Autoportal
Thierry Neuville (Lusa)
Thierry Neuville (Lusa)

Piloto da Hyundai beneficiou do abandono de Tanak e dos problemas de Ogier

O piloto belga Thierry Neuville (Hyundai) está mais perto de repetir a vitória de 2017 no Rali da Argentina, depois de ter mantido este sábado a liderança na quinta prova do Mundial, com 45,7 segundos de vantagem sobre o seu colega de equipa, o norueguês Andreas Mikkelsen.

Thierry Neuville, líder do campeonato, entrou na segunda etapa do rali da Argentina ao ataque, vencendo as duas primeiras provas especiais do dia, acabando contudo por ver o estónio Ott Tanak (Toyota) e Andreas Mikkelsen (Hyundai) vencerem as especiais seguintes.

No entanto na 14.ª etapa e penúltima deste sábado, uma avaria no Toyota acabou por obrigar ao abandono de Tanak que estava a ser o principal rival de Neuville na luta pela liderança do Rali da Argentina.

O britânico Kris Meeke é agora o melhor piloto da Toyota na terceira posição a 1m03,2s de Neuville, na frente de Sébastien Ogier (Citroën), que está na quarta posição a 1m06,0s do líder da prova.

Ogier cometeu um erro na 12.ª especial e acabou com problemas na direção do seu Citroën C3 WRC e o fez perder tempo até ao final do dia.

Domingo os pilotos tem pela frente três especiais do Rali da Argentina no total de 53,16 qiolómetros cronometrados, com destaque para a especial de El Cóndor, a 'power stage', que distribui cinco pontos adicionais aos cinco mais rápidos.

  • TEMAS:
  • WRC

  • Rali da Argentina

  • Thierry Neuville

Veja mais