Oito conselhos para perder a vontade de acelerar em excesso

  • Redação Autoportal
Acidente
Acidente

Está-se em plena Semana Europeia da Mobilidade e as campanhas para uma condução e uma vida ao volante mais segura vão desde o «Project Edward – Dia Europeu sem uma Morte na Estrada» à iniciativa da FIA «Abrandar salva vidas».

A organização britânica para a segurança na estrada IAM RoadSmart juntou-se a estas campanhas e sugere uma série de oito conselhos para que os condutores percam a vontade de acelerar de mais – sendo o excesso de velocidade uma das situações que está mais associada aos acidentes rodoviários:

1. É correto desacelerar para dar-se tempo suficiente para tomar a ação mais adequada. Lembre-se de que o limite de velocidade assinalado é um limite e não um objetivo a ser atingido;

2. Observe, antecipe e planeie as suas ações para manter a sua segurança e a dos outros à sua volta;

3. Está a conduzir à noite? Está a chover? Ou nevoeiro? Lembre-se de que sua velocidade pode ter de mudar (mesmo que faça o mesmo trajeto todos os dias) devido à hora do dia em que está a viajar e às condições do tempo;

4. Mantenha a distância correta a ter. Lembre-se de permitir pelo menos um intervalo de dois segundos em superfícies secas entre você e o veículo à sua frente e de pelo menos quatro segundos numa superfície molhada. Se, por exemplo, um veículo se movimentar à sua frente numa via da autoestrada, lembre-se de ajustar a velocidade e redefinir o intervalo se necessário;

5. O excesso de velocidade pode acontecer devido a um lapso, que pode ser evitado através da concentração. Ou pode ser um erro, resultando na interpretação incorreta de um limite de velocidade. Isso pode ser resolvido sendo observador e concentrando-se na estrada. Ou, por último, pode estar a violar o limite de velocidade deliberadamente e, se for esse o caso, deverá analisar seu comportamento de condução e o efeito que isso tem sobre os outros utilizadores da estrada. Gerencie o seu tempo, planeie o seu trajeto e preveja situações à sua volta e à sua frente para ajudar a mantê-lo a si e aos outros utilizadores da estrada seguros;

6. Não se deixe pressionar pelos seus passageiros para conduzir com mais velocidade, pois isso é uma clara e positiva ameaça à sua segurança, assim como à deles;

7. Mantenha o seu veículo em bom estado. Realizar verificações periódicas, como em relação aos fluidos do carro e aos pneus, podem ajudar ao bom funcionamento do seu veículo;

8. Mantenha os seus conhecimentos sobre condução e o Código da Estrada atualizados.

Comentários

Veja mais