James Bond torna-se agente ‘zero emissões’ com o Aston Martin Rapide E

  • Redação Autoportal
Aston Martin RapidE
Aston Martin RapidE
Só serão feitos 155 e um deles vai em missão, por enquanto, secreta

O espião mais famoso do cinema, «James Bond», vai ter como carro na sua próxima missão o Aston Martin Rapide E, que será o primeiro veículo elétrico da fabricante inglesa.

No próximo filme do «007», interpretado por Daniel Craig, o agente secreto britânico terá um carro com uma potência de 441 kW (600 cv) e um binário de 900 Nm atingindo os 250 km/h – a autonomia do Aston Martin elétrico será de 320 km.

A insistência para ter o Rapide E no filme, com o nome provisório de «Shatterhand», foi feita pelo realizador Cary Joji Fukunaga, um “amigo das árvores” que, segundo a fonte do jornal «The Sun» prepara uma “sequência de ação incrível” com o carro “no centro”.

O Rapide E “terá todos os ‘gadgets’ de alta tecnologia” mantendo a tradição e evoluindo para os tempos atuais: “Ninguém quer Bond com rótulo de ‘politicamente correto em excesso’, mas todos acharam que era a altura de colocá-lo num veículo de zero emissões.”

O Aston Martin Rapide E terá uma edição de apenas 155 exemplares e com um preço de 250 mil libras (cerca de 281 mil euros). As primeiras entregas estão previstas para o final deste ano, mas um deles deverá estar já a caminho das mãos de «James Bond» no próximo mês quando começar a rodagem do filme.

A ligação do «007» à Aston Martin recua a 1964 quando em «Golfinger», Sean Connery foi «James Bond» ao volante do DB5.

  • TEMAS:
  • James Bond

  • Aston Martin Rapide E

  • Daniel Craig

Veja mais