Incêndio em complexo de baterias Tesla Megapack levanta questões de segurança

  • Redação Autoportal
  • 25 ago, 14:15
CNBC/The Nine
Tesla incendio na Austrália
Tesla incendio na Austrália

Acidente ocorreu em complexo de armazenamento de energia na Austrália, onde estão 210 baterias de grandes dimensões da marca americana

A Tesla é uma vez mais a visada num incêndio com baterias elétricas, embora o episódio mais recente não esteja relacionado com uma bateria montada num dos seus automóveis, mas antes com uma bateria de grandes dimensões instalada num complexo de armazenamento de energia.

O incêndio ocorreu no início de agosto no complexo Victorian Big Battery, localizado no sudeste da Austrália, tendo deflagrado em uma das 210 baterias Tesla Megapack que compõem o sistema, que irá ter uma capacidade de fornecimento de energia de 450 MWh, destinada à indústria e ao uso doméstico.

PUB

O incidente mobilizou mais de 150 operacionais e não causou quaisquer vítimas, mas voltou a levantar questões sobre a segurança das baterias, em especial as de iões de lítio, embora não haja informações sobre o tipo de células usado pela Tesla neste projeto. Enquanto se aguardam as conclusões definitivas sobre as inspeções realizadas na sequência do incêndio, há a expetativa de que esta ocorrência possa vir a determinar a forma como complexos semelhantes ao Victorian Big Battery serão projetados e construídos.

PUB

De acordo com o noticiado pela CNBC, Paul Christensen, professor de eletroquímica da Universidade de Newcastle, Inglaterra, lembrou que a tecnologia de baterias de iões de lítio é relativamente recente e que, por isso, não há ainda informação suficiente sobre a segurança de grandes sistemas de armazenamento de energia, nem sobre que melhoramentos são possíveis fazer. Contudo, o especialista coloca algum travão na inquietação geral, ao lembrar que “face à quantidade de baterias de iões de lítio existentes no planeta, o número de casos que resultam em incêndios e explosões de todos os tipos ainda é muito pequeno". Para Christensen, citado pela fonte referida, “quando acontece algo com um veículo elétrico ou com uma grande instalação de armazenamento de energia torna-se numa grande notícia. E isso pode causar uma preocupação desproporcionada".

PUB

De acordo com as pesquisas levadas a cabo pelo professor universitário, são conhecidos cerca de 40 incêndios em sistemas de armazenamento de energia de baterias de iões de lítio em grande escala. Esses incidentes, a maioria dos quais teve lugar nos últimos três anos, ocorreram a partir de 2012.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Vídeo: Tesla Model S Plaid irrompe em chamas com condutor ao volante

Agência americana de segurança rodoviária vai investigar acidentes com Tesla

Tesla retira sensores de radar e diminui funcionalidades no Model 3 e Model Y nos EUA

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS