Nomadland – Sobreviver na América venceu o Óscar para melhor filme 2021

Nomadland Oscar Melhor Filme
Nomadland Oscar Melhor Filme

A vida nómada numa autocaravana em constante viagem pelas estradas americanas é o mote para Nomadland

Nomadland – Sobreviver na América foi o vencedor do Melhor Filme na Cerimónia dos Óscares de 2021 realizada esta noite na sala da Union Station, em Los Angeles, nos Estados Unidos da América.

Para além do Óscar para melhor filme, Nomadland, uma produção independente da Searchlight Pictures, recebeu ainda o Óscar para Melhor Realização pela chinesa Chloé Zhao e o Óscar para Melhor Atriz Principal pelo papel extraordinário interpretado por Frances McDormand.

PUB

Assista aqui ao trailer oficial:

O filme conta a história de Fern, a personagem principal, interpretada por McDormand, que insiste em viver de forma nómada na sua autocaravana, concebida e inteiramente decorada como uma autêntica casa, viajando sozinha pela estrada.

Nomadland, é um retrato real e frio da América, das viagens pelo seu interior, mas também de um estilo de vida despojado de luxos, onde os empregos temporários pagam as necessidades imediatas e mais básicas. Aliás Sobreviver na América retrata de forma incrível o verdadeiro ato de sobrevivência de uma classe pobre americana que as maiores produções de Hollywood nem sempre retratam de forma fidedigna.

PUB

O filme é ficção (baseia-se no livro Nomadland de Jessica Bruder), mas será fácil estabelecer um paralelismo entre o que não é real e aquilo que acontece em muitas zonas da América, com filmes inteiras a viverem de forma nómada e a deslocarem-se de parque em parque de RV.

A cerimónia decorreu num formato inteiramente diferente devido à pandemia do COVID-19 que assola todo o mundo com vários impedimentos em termos de deslocações (os EUA colocaram inclusive Portugal na lista de “não viajar” de acordo com noticia recente da TVI24).

PUB

Descubra aqui todos os vencedores:

MELHOR FILME: “Nomadland – Sobreviver na América”

MELHOR REALIZAÇÃO: Chloé Zhao, “Nomadland – Sobreviver na América”

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL: Emerald Fennell por “Uma Miúda com Potencial”

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO: Christopher Hampton e Florian Zeller por “O Pai”

MELHOR ATRIZ: Frances McDormand, “Nomadland – Sobreviver na América”

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA: Yuh-Jung Youn, “Minari”

MELHOR ATOR: Anthony Hopkins, “O Pai”

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO: Daniel Kaluuya, “Judas e o Messias Negro”

PUB

MELHOR FILME INTERNACIONAL: “Mais uma Rodada”, Dinamarca

MELHOR CURTA-METRAGEM: “Dois Perfeitos Estranhos”

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO: “Soul: Uma Aventura com Alma”

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO — CURTA: “Se Acontecer Alguma Coisa, Adoro-vos”

MELHOR MAQUILHAGEM E PENTEADOS:Sergio Lopez-Rivera, Mia Neal e Jamika Wilson por "Ma Rainey: A Mãe do Blues"

MELHOR GUARDA-ROUPA: Ann Roth por "Ma Rainey: A Mãe do Blues"

MELHOR SOM: Nicolas Becker, Jaime Baksht, Michellee Couttolenc, Carlos Cortés e Phillip Bladh por “O Som do Metal”

MELHOR DOCUMENTÁRIO: “A Sabedoria do Polvo”

MELHORES EFEITOS VISUAIS: Andrew Jackson, David Lee, Andrew Lockley e Scott Fisher por "Tenet"

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Donald Graham Burt e por Jan Pascale por “Mank”

MELHOR FOTOGRAFIA: Erik Messerschmidt por "Mank"

MELHOR MONTAGEM: Mikkel E. G. Nielsen por “O Som do Metal”

MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL: Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste por "Soul"

MELHOR MÚSICA ORIGINAL: 'Fight for You', música de H.E.R. e Dernst Emile II; letra de H.E.R. e Tiara Thomas, em "Judas e o Messias Negro"

PUB
PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Fórmula 1 também teve direito a Óscares neste ano: veja em vídeo quem ganhou

Vídeo: O novo trailer de Velocidade Furiosa 9 já está disponível

Novo filme com Robert de Niro mete Máfia e Fórmula 1

Ferrari mostra o filme com Leclerc ‘a abrir’ ao volante do SF90 Stradale

Novo Defender é a estrela do novo filme de James Bond

COMPUTADOR DE BORDO

Desconfinamento: 10 Dicas para o seu carro

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

VEJA MAIS

MAIS LIDAS