Vídeo: 100 bicicletas partilhadas Gira vandalizadas em 15 dias

  • Redação Autoportal
  • 3 ago, 18:00

Onda de vandalismo afeta rede de bicicletas partilhadas em Lisboa

A rede de bicicletas partilhadas Gira em Lisboa tem sido alvo de atos de “vandalismo frequente nos últimos meses” afetando o funcionamento do serviço e provocando “danos consideráveis no património da cidade” que “rondam os 200 euros por bicicleta”.

Em comunicado de imprensa, a EMEL - Empresa de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa, especifica que “só nos últimos 15 dias, a Gira sofreu cerca de 100 atos de vandalismo, na sua maioria furto, o que tem afetado toda a operação”.

PUB

As Estações que têm sido particularmente visadas são as que se situam na Gare do Oriente; Centro Comercial Vasco da Gama; Praça do Município; Terminal Cruzeiros (Avenida Infante Henrique); Largo Frei Heitor Pinto; Rua do Arco Cego; Avenida 5 Outubro e Avenida Igreja.

Na reportagem da «TVI24» aqui associada, responsáveis da Rede de Bicicletas Partilhadas de Lisboa explicaram que “muitas delas são encontradas intactas” para além da quebra do sistema de ligação às estações, mas que, independentemente da dimensão das reparações, o serviço é bastante afetado no seu todo.

PUB

Os atos de vandalismo acabam por afetar “a disponibilidade das equipas de exterior, que têm que se desdobrar e balancear o seu trabalho entre a gestão de verificação”, a “recolha e reposição de bicicletas” passando pela tentativa de recuperar as unidades furtadas, bem como o “trabalho das equipas de mecânicos, pois os danos causados exigem muito tempo de reparação”.

A Rede de Bicicletas Partilhadas de Lisboa tem atualmente 96 Estações em operação, que representam um total de cerca de 1.800 docas para mais de 900 bicicletas disponíveis.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Mobilidade urbana: EMEL abre cinco novas estações da GIRA nos Olivais, em Lisboa

Saiba onde vão estar os radares no mês de agosto, pois «quem o avisa...»

Vendas de automóveis em queda com pior mês de julho, desde 2013

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS