Road Trip: Do Alasca à Terra do Fogo a bordo de um Citroën Traction Avant de 1956

  • 2 jun, 12:28
Citroen Traction Avant 11B
Citroen Traction Avant 11B

Duas aventureiras irão percorrer o continente americano num Citroën Traction Avant de 1956 que também já percorreu Portugal

Já está na estrada a “L’Aventure Citroen Terra America”. Trata-se de uma jornada de aventura que será protagonizada por duas aventureiras que irão partir numa “roadtrip” pelo continente americano a bordo de um Traction Avant 11B de 1956 que também já percorreu Portugal.

Esta viagem pretende chamar a atenção dos problemas climáticos e da situação das populações indígenas.

PUB

Na passada quarta-feira, dia 26 de maio, a “L’Aventure Citroën Terra America” partiu do Conservatório Citroen, em Aulnay-sous-Bois (França) rumo ao continente americano, para depois atravessar o Alasca rumo a Ushuaia, passando por 14 países. A travessia irá realizar-se entre julho de 2021 e janeiro de 2023.

Veja aqui o vídeo da partida em França:

A bordo do Traction Avant 11B de 1956 vão duas participantes e aventureiras que se juntaram nesta “roadtrip” para percorrer a estrada mais longa do mundo, a famosa Estrada Pan-Americana.

O Traction Avant é um automóvel lendário. Além do seu modo de transmissão único, combinou no mesmo veículo as soluções mais modernas da época, incluindo uma estrutura monocoque em aço, travões hidráulicos e uma suspensão independente às quatro rodas. Lançado em 1934, a robustez e a simplicidade mecânica tornaram o Traction Avant numa viatura ainda hoje notável em termos de utilização em raids, mais de 80 anos depois. O seu encanto tem crescido ao longo dos anos, em todo o mundo.

PUB

No espírito das Cruzadas Citroën, esta viagem sem precedentes, feita através do tempo e da história das Américas, visa sensibilizar o mundo para o destino de 21 povos indígenas, que se encontram ao longo dos 40.000 km do percurso, em 14 países atravessados ao longo de três etapas, entre julho de 2021 e janeiro de 2023.

PUB

A marca começou a realizar as “Cruzadas Citroen” nos anos 20, impulsionadas por André Citroen e que testemunham a importância do automóvel como meio de exploração do mundo e de aproximação entre povos.

O Conservatório Citroen é um local emblemático que preserva a mais importante coleção internacional de veículos Citroen, contando com 280 peças expostas, como é o exemplo do Traction Avant, apresentado em 1934 e recordado pela sua robustez e simplicidade mecânica que tornam este automóvel lendário.

Ao volante deste icónico automóvel vai Fanny Adam, uma jovem curiosa, determinada e sensível à causa indígena. A acompanhá-la está Gaëlle Paillart, copiloto responsável pela recolha de imagens que será, depois, substituída por Maéva Bardy, que assumirá a partir dali e até Ushuaia, o papel de navegadora e também de responsável pela recolha de imagens desta expedição.

PUB

A “L'Aventure Citroen” irá assegurar a preparação da viatura e o apoio técnico ao longo de toda a viagem.

É possível seguir a viagem aqui em tempo real

 

Continuar a ler

RELACIONADOS

Clássico: O Citroën Ami 6 foi um dos marcos da década de 1960

A história de amor entre a Mazda e o design italiano

Maserati celebra a sua história de A a Z em 228 segundos

Entre os dias 12 e 16 de maio a Biblioteca Itinerante Citroën Jumper, viaja pela Rota da Terra Fria

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS