Um Aston Martin DB6 com motor elétrico? Sim, é possível

O modelo pode ser dos anos 1960, mas a alimentação é providenciada por baterias e muitos dos seus componentes mecânicos obedecem às exigências atuais

Aston Martin DB6, um clássico divulgado pela primeira vez em 1965 que se tornou num verdadeiro ícone da indústria automóvel britânica. E, agora, com motorização elétrica. Será possível? Se tiver a possibilidade de despender de uma soma superior a 865 mil euros e estiver disposto a esperar até ao terceiro trimestre de 2023, data em que começam a ser entregues as primeiras unidades, dizemos-lhe que sim.

Aston Martin DB4, DB5 e DB6 (foto: divulgação)
PUB

A produção está a cargo da empresa britânica Lunaz que desde 2018 se dedica ao restauro e à conversão para motorização elétrica de alguns dos modelos britânicos mais exclusivos de sempre, de marcas como Rolls-Royce, Bentley, Range Rover ou Jaguar.

Depois de recentemente ter sofrido uma injeção de capital, com a entrada de novos investidores, entre os quais o conhecido ex-jogador de futebol David Beckham, a Lunaz apresenta, orgulhosa, o Aston Martin DB6 como a sua mais recente criação, estando já disponível para encomenda com volante à esquerda ou à direita. A marca vai também fazer uma produção muito limitada dos modelos DB4 e DB5.

PUB
David Lorenz, fundador da Lunaz, e David Beckham que investiu recentemente na empresa (foto: divulgação)

Na decisão de levar a cabo a produção do DB6 elétrico, a Lunaz tomou em consideração os muitos pedidos por parte dos seus atuais clientes. Vai daí, reuniu nas suas instalações em Silvertone, Inglaterra, uma equipa de mais de 100 pessoas entre engenheiros, especialistas em restauro e artesãos, como lhes chama.

PUB
Watt EVC recria Porsche 356, mas com motor elétrico

Juntos vão criar um automóvel “novo” a partir de uma unidade já existente, à qual vão retirar o motor de combustão e todos os componentes com ele relacionados. Será depois adicionado um conjunto mecânico desenvolvido pela própria Lunaz que integra motores elétricos e baterias de fornecedores europeus, cuja capacidade varia entre os 80 e os 120 kWh, sendo que a autonomia é de 410 km.

Aston Martin DB4, DB5 e DB6 (foto: divulgação)

Outros componentes de ordem mecânica como os travões, a suspensão e a direção serão substituídos por versões atuais, o mesmo acontecendo com muitos dos elementos de conforto presentes no interior. O DB6 elétrico da Lunaz chega a receber ar condicionado, sistemas de infoentretenimento e de navegação, e conectividade wi-fi.

PUB
Lunaz (foto: divulgação)

Quanto aos acabamentos e materiais a aplicar, quer no interior quer no exterior, podem ser inteiramente personalizados pelo cliente, com a Lunaz a disponibilizar opções totalmente sintéticas ou feitas a partir de materiais reciclados.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Aston Martin coloca DB5 utilizado em James Bond Goldfinger dentro de uma caixa Corgi

Bentley empenhada com a sustentabilidade na sua fábrica de Crewe

Lucid Air o superdesportivo elétrico com 933cv de potência

Watt EVC desenvolve plataforma inovadora para desportivos elétricos

COMPUTADOR DE BORDO

Veja como deve circular nas rotundas de forma correta (ciclistas também)

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?