Brexit: Ford pode terminar com produção automóvel na Grã-Bretanha

  • Redação Autoportal
Ford
Ford
Construtor norte-americano está preocupado com um 'Brexit' sem acordo

A Ford anunciou agora que está a intensificar os preparativos para transferir a sua produção para fora da Grã-Bretanha.

A empresa, que emprega 13 mil funcionários no Reino Unido, já deu conta à primeira ministra Theresa May, que está a estudar locais alternativos para instalar as suas fábricas fora da Grã-Bretanha, segundo revelou o jornal britânico «The Times».

A empresa norte-americana apresentou recentemente a Theresa May medidas que pondera tomar caso se concretize uma saída britânica da UE sem acordo.

Todas as opções estão em cima da mesa, incluindo uma transferência da produção do Reino Unido para outro país europeu, mas ainda é cedo para dizer quais as medidas que vão ser tomadas.

No último dia 24 de janeiro, a Ford indicou que um 'Brexit' sem acordo pode ter um custo para a empresa norte-americana de 800 milhões de dólares.

Esse custo inclui o abrandamento económico esperado, a descida da libra e o restabelecimento de direitos aduaneiros entre o Reino Unido e a UE, explicou o construtor.

O alerta da Ford surge depois da  Nissan ter anunciado na semana passada que estava a cancelar os planos para construir um novo modelo na fábrica de Sunderland, uma decisão que atribui em parte à incerteza do Brexit.

  • TEMAS:
  • Ford

  • Grã-Bretanha

Veja mais