Novo Volvo XC90 reduz consumos e emissões em 15%

  • Redação Autoportal
Novo Volvo XC90 com sistema KERS
Novo sistema KERS na recuperação de energia à imagem da F1

A Volvo revelou uma nova versão do XC90 com o maior SUV da marca sueca a receber um novo propulsor eletrificado que consegue uma redução de 15% nos consumos e nas emissões de gases para a atmosfera em condução real.

O modelo aprazado para 2020 trará novidades exteriores como a grelha ou os faróis e também interiores, mas é a nova classe ‘B’ de propulsores eletrificados que é o grande destaque. O novo Volvo XC90 integrará um sistema de travagem com recuperação de energia cinética – o designado ‘KERS’ («kinetic energy recovery system») – com o motor de combustão interna.

O novo sistema de travagem («à la F1») «brake-by-wire» (em que relação física entre a pressão no pedal dos travões e a intensidade de travagem é substituída por uma leitura computacional) interage com o sistema de recuperação de energia e reduz os consumos e as emissões ao recuperar energia cinética em travagem.

Ao fazer uma evolução no eletrifcado T8 Twin Engine plug-in hibrido já existente no XC90 com o novo ‘B’, a Volvo anuncia também que vai estender as opções plug-in a todos os modelos produzidos.

  • TEMAS:
  • Volvo

  • XC90

  • KERS

Veja mais