Acura lança versão Type S do NSX, que este ano vê terminada a produção

  • Redação Autoportal
  • 2 set, 10:57

Vão ser fabricadas apenas 350 unidades do superdesportivo com 600 cv, que assim se torna no Acura de estrada mais potente de sempre.

A Acura escolheu o evento dedicado aos apaixonados do mundo automóvel – Monterey Car Week – que recentemente teve mais uma edição na Califórnia, Estados Unidos, para a apresentação do seu superdesportivo NSX Type S.

O novo modelo criado para celebrar o fim da produção da segunda geração do NSX, a acontecer até ao final deste ano, apresenta-se como o mais rápido e potente NSX de sempre. Vão ser produzidos apenas 350 exemplares no Performance Manufacturing Center (PMC), localizado em Marysville, Ohio, Estados Unidos, dos quais 300 destinados ao mercado americano. Esta será a primeira vez que um NSX Type S é vendido fora do Japão, estando já disponível para encomenda nos concessionários da Acura.

PUB

Marcado por linhas agressivas e de carácter vincadamente desportivo, como é o caso do difusor traseiro em fibra de carbono, o novo NSX Type S segue a tendência de “eletrificação” do mercado automóvel (e do “irmão” NSX), ao adotar uma solução híbrida que junta um motor V6 de 3,5 litros com dois turbos (os mesmos que equipam o NSX GT3 Evo de competição) a dois motores elétricos. A potência somada fixa-se nos 600 cv (a maior de sempre num Acura de estrada) e o binário nos 667 Nm. A caixa de 9 velocidades é automática de dupla embraiagem (DCT), com trocas ainda mais rápidas face ao NSX, e a tração é integral.

PUB

O superdesportivo da Acura está equipado com amortecedores adaptativos e jantes de 5 raios de 19 polegadas à frente e de 20 polegadas atrás, com pneus Pirelli P-Zero especialmente desenvolvidos para este modelo. Oferece quatro modos de condução, a começar pelo modo “Quiet”, embora os mais entusiasmantes sejam, sem dúvida, os modos “Sport”, “Sport+” e o mais extremo, o modo “Track” que, como o próprio nome indica, faz o apelo à condução em pista.

PUB

Sendo o peso uma questão que assume maior importância quando falamos de superdesportivos, o modelo do construtor japonês disponibiliza em opção um pack que inclui travões em carbono-cerâmica e cobertura do motor e revestimentos interiores também em carbono, o que permite reduzir o peso total em 26,2 Kg.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Brabham revela o BT62R: o superdesportivo de estrada com 700 cv

Galeria: conheça os superdesportivos mais populares do Instagram

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS