Bentley: EV só para 2023 e sem ser desportivo

  • Redação Autoportal
Bentley (Reuters)
Bentley (Reuters)

O CEO da Bentley revelou que o mercado dos Veículos Elétricos (EV) não está nos horizontes da Bentley e que, quando estiver, a marca de Crewe não o cruzará com um modelo desportivo.

“O problema está quando chegamos ao nosso segmento com o tamanho dos nosso veículos e a atual densidade de energia da bateria limita o tamanho do carro que se pode oferecer com uma autonomia credível”, afirmou Adrian Hallmark ao «Automotive News».

O executivo que chegou a Crewe há seis meses vindo da Jaguar Land Rover revela que 40 por cento dos clientes da Bentley receberiam bem a proposta de um EV, mas aponta para um desempenho aceitável apenas entre 2023 e 2025: “Antes disso não há nada industrializado na cadeia de fornecimento.”

Hallmark revelou também que quando a Bentley arrancar com o seu primeiro EV não será um carro desportivo: “Discutimos carros desportivos no passado, mas não acredito que precisamos de carros desportivos.” “Dentro do Grupo Volkswagen há carros desportivos que cheguem”, assumiu o CEO da Bentley.

Comentários

Veja mais